Quintessa, Civi-co e Pipe.Social, três grandes players do ecossistema de impacto se juntaram para lançar o Hangar, programa com foco em impulsionar negócios na validação de um modelo de negócio que seja escalável, lucrativo e que gere impacto socioambiental relevante.

Com metodologia reconhecida e uma qualificada rede de mentores com empreendedores e investidores, o programa vai ajudar  startups a iniciarem a tração do seu negócio, irem à mercado, definirem seu segmento de clientes e testarem seu MVP. Os participantes também poderão apresentar um pitch para potenciais investidores.

A ideia do programa surgiu da vivência das três organizações, que perceberam a dificuldade dos empreendedores em superarem a etapa de validação e avançarem para darem tração à  seus negócios de impacto.

“O Quintessa tem nove anos de experiência acelerando negócios de impacto. Nossos três programas (Validação, Tração e Escala) são personalizados, dando mentoria e  suporte em gestão de forma customizada aos desafios de cada negócio. Para a etapa de validação acreditávamos que um modelo em grupo poderia ser eficaz, além de garantir mais acesso e complementar nossa oferta aos empreendedores – então  resolvemos nos unir à Pipe e ao Civi-co para lançá-lo. O nome Hangar submete à crença que temos de que uma boa base (foco em uma necessidade relevante, em um mercado com espaço para crescer, com um modelo de negócio consistente) é essencial para que os negócios tenham êxito. Hangar é isso: um espaço onde ideias serão construídas, com muita mão na massa, para que possam decolar”, conta Anna de Souza Aranha, diretora do Quintessa.

O Hangar terá duração de 3 meses e meio. Serão realizados workshops com a metodologia Quintessa para validação de modelos de negócio e rodadas de mentorias. A experiência para os empreendedores ainda conta com encontros individuais do time Hangar para orientação personalizada.

Além disso, o programa é feito por fundadores para fundadores. “Trocar com quem está vivendo as mesmas dores e que fala a mesma língua é parte fundamental da proposta do Hangar. Por isso, demandamos a presença física dos empreendedores em vários encontros estratégicos do programa. Além disso, nós, da equipe envolvida, somos também fundadores de novos negócios e acompanhamos essa realidade de tirar uma ideia do papel, gerar lucro e impacto ao mesmo tempo. Queremos manter essa honestidade na troca de ideias e profundidade no apoio aos negócios que vem também da empatia de quem já sentiu ou está sentido o desafio na pele”, explica Mariana Fonseca, cofundadora da Pipe.Social. “Nossa visão vai além do programa em si, queremos movimentar essa rede de empreendedores que agregamos para que sejam um grupo de apoio contínuo.”

Ricardo Podval, CEO do Civi.co, ressalta a valiosa conexão que os executivos terão ao interagir com organizações em diferentes tamanhos, níveis e setores. “O próprio dia a dia do Civi.co é, por si só, uma oportunidade para os empreendedores. As empresas e organizações que convivem no espaço se conectam, criam sinergias, novos produtos, compartilham soluções,  apresentando um mercado mais robustos aos que estão chegando ao mundo dos negócios de impacto com grau de sucesso três vezes maior do que as startups fora de um ambiente compartilhado; além de apoio as organizações têm acesso aos fundos de investimento e investidores-anjo. O Hangar é a prova viva das possibilidades que a união das expertise pode trazer para o setor”, destaca.

A expectativa é que esse seja o primeiro de uma série de programas fruto da parceria entre os três players: Civi-co, Pipe.Social e Quintessa. O grupo já planeja, para a próxima edição, turmas customizadas por área de impacto, atendendo a demandas específicas e dores comuns dos empreendedores do setor e já negociam apoio de marcas e empresas que desejem desenvolver soluções alinhadas aos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

Ficou interessado? As inscrições vão até dia 28 de outubro e podem ser realizadas com preenchimento de formulário. É necessário que todos os campos obrigatórios estejam completos para que o registro seja aceito.