PUBLIEDITORIAL

De acordo com o último Censo Coworking Brasil, realizado em 2017, eram mais de 800 espaços de trabalho compartilhados pelo Brasil, um aumento de 114% em relação ao ano anterior. Estes números não param de crescer e, para se diferenciar da concorrência e entregar uma experiência cada vez mais completa, os coworkings no Brasil estão se especializando cada vez mais em outros serviços que não sejam apenas uma área de trabalho comum para as empresas.

São Paulo lidera este ranking, com cerca de 340 coworkings no estado e 220 na capital. É nesta cidade, inclusive, que ficam algumas das maiores empresas de tecnologia do mundo com sede no país, o que faz da capital paulista um dos maiores polos de inovação e empreendedorismo do planeta.

Os coworkings sediados na cidade sabem disso, por isso, estão trabalhando cada vez mais em oferecer às empresas, sejam startups ou grandes corporações, experiências completas para seus colaboradores e clientes, sejam elas residentes ou não destes espaços. Um exemplo claro deste novo posicionamento é o Co.W. Coworking Space, presente em São Paulo e Joinville. Além de capacidade para dezenas de coworkers, o local também é preparado para receber centenas de visitantes diariamente, em oficinas, palestras, workshops e demais eventos.

Quem realizou seu último evento no Co.W. foi a Digitrol, empresa de instrumentação industrial. No início do último mês, a companhia lançou sua nova marca e posicionamento da empresa na unidade Berrini do coworking. Participaram do lançamento tanto colaboradores da empresa quanto outros convidados do mercado, incluindo jornalistas do segmento. Ao todo, foram mais de 100 participantes do evento.

Lançamento da reposição de marca do Digitrol, dentro da unidade Berrini do Co.W. Coworking Space

“A marca passou por um rebrand para se ajustar a proposta da indústria 4.0 e também a nova demanda de clientes que possuem um comportamento digital e mobile first. Digitalizamos a empresa com nova identidade visual (logo + site), ferramentas de vendas e tecnologia e fizemos com que a marca se propusesse a enriquecer o mercado por meio de conteúdo gerado por colaboradores especialistas. Tudo por meio de plataformas digitais e automação de marketing. Sabendo que a indústria 4.0 é focada em tecnologia das coisas, automação e também é considerada como a quarta revolução industrial, buscamos um ambiente moderno, descontraído e que representasse toda a disruptura do mercado antigo com o moderno. Assim como a nova proposta da Digitrol. O Co.W. representa tudo isso, seja na forma de trabalho, ambiente, proposta do novo, etc.”, explica Alinne Fernandes, CEO da Digital para Empresas, agência que criou o reposicionamento de marca da Digitrol.

Para ela, criar o evento dentro de um espaço de coworking, onde há diversos segmentos de empresas trabalhando em um único espaço, traz uma série de benefícios para a empresa. “No caso do meu cliente, Digitrol, nós queríamos passar para os colaboradores a importância do trabalho compartilhado. Onde cada um absorve sua responsabilidade, pensando em um objetivo maior.Sem cobranças, mas com um sentido no que se faz diariamente dentro da empresa. Então, assim como a proposta de trabalho mais livre, um local onde ideias são incubadas e nascem, pode servir de inspiração”, diz, afirmando que o espaço foi peça-chave da estratégia de venda da nova imagem da Digitrol para o seu público interno.

O Co.W. Berrini tem áreas e auditórios que comportam diversos tipos de atividades, chegando até 500 participantes nos eventos já realizados no espaço. Para mais detalhes, acesse aqui.