A VTEX, empresa líder em digital commerce no Brasil, iniciou sua estratégia de ampliação de negócios no  continente europeu. Após desembarcar no Reino Unido e Alemanha em 2016, a companhia passa a focar sua atenção em três países do leste europeu: Romênia, Polônia e República Tcheca.

A seleção dos países segue um cronograma de atuação nos mercados expoentes no cenário de digital commerce  europeu. Marcas locais como Fashion Days Group (Romênia), Omnipack (Polônia) e Packeta Group (República Tcheca) têm consolidado sua atuação inclusive em mercados maduros do continente, representando parceiros de grande potencial para a empresa.

“Temos buscado parcerias estratégicas em cada um desses países, tendo contado com a presença de mais de uma dezena de empreendedores e líderes do leste europeu na edição 2018 do VTEX Day, realizada no último mês de maio”, explica Mariano Gomide, cofundador da empresa. Hoje, a companhia tem atuação em 25 países da América Latina, América do Norte e Europa. Até 2022, a meta é atuar em cem países ao redor do mundo.

Mercados de grande potencial

O interesse da VTEX pelo leste europeu não ocorre por acidente. A Romênia possui mais de 10,2 milhões de usuários de comércio eletrônico, enquanto a Polônia conta com outros 19,5 milhões e a República Tcheca, 5 milhões. Somadas as três nações, soma-se mais de 34 milhões de consumidores, e com potencial de crescer para mais de 40 milhões até 2021.

“No entanto, é importante frisar que Polônia, Romênia e República Tcheca não são só relevantes por seus potenciais internos de negócios. Estas nações estão ganhando cada vez mais espaço como hubs regionais de digital commerce”, explica Gomide. A Fashion Days Group, fundada em 2009 por Victor Racariu, na Romênia, por exemplo, já se consolidou como maior player de comércio de moda em toda a Europa Oriental.

A expansão internacional

Fundada em 1999 no Brasil, a VTEX nasceu como CRM para o setor têxtil, mas rapidamente expandiu seus negócios, beneficiada pela expansão da internet. Rapidamente assumiu a liderança do mercado brasileiro, expandindo suas operações para a América Latina a partir de 2011, passando a operar na Argentina, Chile, México, Colômbia e Peru. Em 2016, foi a vez de desembarcar nos continentes europeu, com atuações centradas no Reino Unido e Alemanha, e norte-americano, com escritórios alocados em quatro estados (Flórida, Texas, Califórnia e Nova York).