Três startups brasileiras participaram do 1º processo de seleção e conseguiram levantar US$1,5 milhão dos anjos da Wharton Alumni Angels e sua rede. O grupo tem como objetivo fomentar o empreendedorismo e a inovação, aproximando as startups brasileiras de investidores e executivos da Wharton School, da Universidade de Pensilvânia. Além do capital, as empresas podem se beneficiar de uma série de parcerias estratégicas, e ainda obter até U$500 mil adicionais.

As escolhidas foram: Flexipag, que oferece soluções de empréstimos usando o acesso do celular como garantia do valor emprestado; Repassa, um marketplace de roupas usadas, onde as pessoas podem vender ou doar peças antigas; Tutor Mundi, plataforma online de tutoria para diferentes matérias. A Wharton Angels trouxe investidores institucionais de peso e investidores-anjo, referências tanto no Brasil quanto no Vale do silício, para apoiar os empreendedores e garantir o sucesso da rodada.

Como as empresas podem participar

Não existe data limite para se inscrever. As startups são analisadas continuamente e, para participar, o primeiro passo é se cadastrar na plataforma. Em seguida, o grupo faz uma análise para identificar quem deve seguir para o comitê de seleção. Este comitê analisa as empresas com o maior potencial e as que podem se beneficiar da rede de ex-alunos. Após esse processo de triagem, as escolhidas apresentam, presencialmente, para o grupo de anjos (pitch day) de investidores do Brasil e do exterior (via teleconferência).