Saber qual o destino somente às vésperas de uma viagem, mas com um roteiro organizado previamente e de acordo com as preferências do passageiro. Esta é uma das propostas do Instaviagem, startup brasileira especializada em viagens “às cegas”. Com informações inseridas no site, o viajante tem a comodidade de ter seu roteiro montado por meio de uma experiência diferenciada, quando lhe falta tempo, conhecimento ou inspiração. O serviço recebeu aporte do GVAngels, grupo de investidores-anjo formado por ex-alunos da Fundação Getúlio Vargas.

O investimento, no valor de R$400 mil, visa alavancar a plataforma criada por dois engenheiros e um advogado em São Paulo, há pouco mais de um ano. Para fechar o pacote, o viajante preenche um questionário no site, informando dados como o número de pessoas que irão viajar, a cidade de partida, quantas horas de deslocamento deseja, datas de ida e volta e o tipo de hospedagem. Após o pagamento, ele aguarda até 48 horas antes da partida para ter o destino da viagem revelado. Além da hospedagem, um passeio, o meio de transporte (ônibus ou avião, caso não seja seu carro próprio) e o roteiro estão incluídos no pacote, que pode ser de dois a cinco dias. Muitas vezes pequenos “mimos” surpresa também são oferecidos aos viajantes durante a estadia.

Segundo Fabio Flaksberg, que liderou o processo de due diligence e investimento, a plataforma veio para revolucionar o tradicional mercado de turismo online brasileiro. “O Instaviagem proporciona experiências incríveis para sua viagem de fim de semana ou feriado prolongado, com desconto agressivo e aquele fator surpresa”, explica sobre a proposta do serviço online que agradou aos investidores. “Os viajantes conhecem destinos surpreendentes e ao mesmo tempo se livram das dúvidas e dores de cabeça para preparar uma viagem, e não pagam mais por isso. Combinando tecnologia, conhecimento de turismo e entendimento das aspirações dos clientes, o Instaviagem entrega um produto com enorme valor agregado. Por isso eles têm repetido viagens e impulsionado o NPS – Net Promoter Score, ou grau de satisfação – dos usuários da startup.”

A agência de pacotes personalizados tem a viagem surpresa como carro-chefe, com mais de mil viagens realizadas e mais de 100 destinos como opção. A empresa triplicou seu crescimento nos últimos seis meses.

“Nosso foco total é na personalização da viagem, na experiência do viajante. Com o aporte do GVAngels, o Instaviagem tem o objetivo de dobrar o faturamento atual até o final do ano e a estratégia para alcançá-lo é aumentando o portfólio de produtos, atendendo a mais nichos de viajantes, suprindo ainda mais as necessidades desse público”, afirma Caio Martins, CEO e um dos fundadores da startup.

O investimento já impulsiona o Instaviagem a lançar novos serviços, e recentemente foi apresentada a lua de mel personalizada. “Nosso objetivo é atender a demanda desse público, os noivos, que, diante de tantas tarefas a serem realizadas para os preparativos do casamento, não conseguem dar a devida atenção aos preparativos da lua de mel”, explica Caio. O novo produto coloca à disposição dos noivos um especialista em viagens, que dá toda a assessoria para o planejamento do período, ajudando desde a escolha do destino e do roteiro até a compra das passagens, reserva de hospedagem e passeios.

“Possibilitaremos à startup realizar todo o potencial que enxergamos nela. No Brasil há muito espaço para o crescimento de novos players e o Instaviagem vai ocupar esse terreno, permitindo novas experiências ao viajante e democratizando o turismo. Nosso país é um prato cheio para quem gosta de viajar”, comenta Flaksberg, e complementa: “A equipe conseguiu em pouco tempo testar vários modelos de negócios e encontrou algo brilhante e escalável. O time é extremamente inovador, capacitado e rápido, e promete transformar o mercado de viagens, quebrando padrões através da tecnologia.”

Novas ideias para avaliação

Formado por ex-alunos da FGV, o GVAngels se reúne bimestralmente para discutir e avaliar startups recém-lançadas no mercado. O executivo Fabio Flaksberg reforça o convite que sempre é feito às startups (em estágio inicial), de inscreverem seus projetos em busca de investidores e conhecimento. O próximo fórum acontecerá em outubro e as inscrições já estão abertas.

Além disso, ele lembra que o grupo espera crescer ainda mais com novos investidores e está aberto para receber os ex-alunos interessados em se associar e tornar também um investidor-anjo. Para isso, disponibiliza seu contato e informações no site.