A DOMO Invest, Asset paulistana de Venture Capital, fez mais um investimento. Trata-se de um aporte de R$3 milhões na Goomer, foodtech que promove o aumento de produtividade em restaurantes com totens de autoatendimento e cardápios digitais. A Goomer foi fundada há quatro anos, em Sorocaba (SP), e já tem atuação em todo o território nacional.  Com esse investimento, a empresa pretende multiplicar por três o seu tamanho, ainda em 2018, e, em 2019, quer amplia-lo em quatro vezes.

“Estamos num momento de virada do setor de alimentação fora do lar, que vem recebendo grandes aportes para serem utilizados nos próximos anos, principalmente as grandes marcas. A Goomer vem apoiando fortemente as grandes e pequenas marcas neste movimento global de digitalização consciente do setor.”, explica o CEO da Goomer, Felipe Lo Sardo.

A ideia do negócio surgiu quando seus fundadores entenderam quais eram as principais dores dos donos de restaurantes e também compreenderam a dinâmica em relação ao atendimento. Foi aí que surgiu a oportunidade de harmonizar Tecnologia com o trabalho humano para potencializa-lo e contribuir com mais eficiência e melhor atendimento nos restaurantes.

Atualmente, a Goomer é a líder no Brasil no que diz respeito ao autoatendimento para dentro de restaurantes e está integrada aos principais players do mercado, a exemplo da Totvs Bematech Chef, NCR Colibri, NCR Aloha e Teknisa. Com suas soluções inovadoras, é possível reduzir em 1/3 o número de garçons e, ao mesmo tempo, aumentar o ticket médio dos restaurantes entre 10% e 45%. Essa variação de crescimento está diretamente ligada aos padrões de consumo de cada estabelecimento comercial. “O aporte e o conhecimento no mercado B2C da Domo Invest vai apoiar a missão da Goomer de melhorar a experiência de atendimento nos restaurantes do Brasil. Através das tecnologias de autoatendimento, queremos dar mais tranquilidade e comodidade para as pessoas apreciarem o momento da alimentação”, diz Rafael Laganaro, CXO da Goomer.

Vale lembrar que, segundo a Associação Nacional de Restaurantes, o setor de alimentação fora do lar tem previsão de crescimento de até 5% em 2018. Embora o País esteja em crise, o setor apresenta uma movimentação que gira em torno de cerca de R$ 170 bi ao ano na última década. E, de acordo com a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA), entre 2010 e 2016, o faturamento da indústria nacional de alimentos no País mostrou alta de 85,8%.

O fundo DOMO Ventures tem foco em negócios de cunho tecnológico, que tenham foco em B2C ou B2B2C. O intuito é atrair empreendedores com alto potencial de desenvolvimento e que se interessem pelo investimento acrescido de conhecimento. O Smart Money faz parte do DNA da gestora de Venture Capital, que aposta nele como uma de suas fortalezas juntamente com seu time multidisciplinar de sócios e seus advisors.

“Sentimo-nos honrados em poder contribuir com a Goomer daqui em diante, tendo em vista o seu potencial frente a um mercado em franca ascensão. Sabemos da capacidade de suas lideranças em elevar o negócio a um patamar ainda mais robusto, de modo a contribuir com o amadurecimento da cadeia de Food Service em todo o País, destaca Rodrigo Borges, sócio da DOMO Invest.