* Por Sergio Roque

Sei que você deve estar perguntando o que tem a ver o tempo, empreendedorismo e autoconhecimento. E lhe digo: tem tudo a ver e acredito que esta relação é muito importante para o sucesso de qualquer negócio.

Cada um de nós se relaciona com o tempo a sua maneira. Cada um conforme seu perfil psicológico, seu temperamento.

Uma pessoa prática vive o presente e o que tem que fazer nele para que tudo funcione bem. Uma pessoa mais estratégica olha o futuro constantemente procurando escrevê-lo agora de forma que se torne realidade. Outra pessoa trabalha relacionamentos todos os momentos em seu presente sem se dar conta que por isso vive o passado. Uma outra pessoa de perfil controlador tentará de todas as formas evitar o que deu errado no passado, organizar seu presente e garantir segurança em seu futuro.

Porém todos nós temos um pouco de prático, estratégico, organizado e vivemos de relacionamentos, mas no nosso dia a dia tendemos a colocar mais energia e tempo naquilo que gostamos mais. E isso para empreendedores pequenos pode ser fatal.

Uma pessoa de perfil mais prático resolve bem os problemas do presente, mas não consegue enxergar os perigos do futuro e as vezes se vê a frente de um problema sem solução.

Por outro lado, uma pessoa de perfil mais estratégico pode ter seu negócio sufocado em meio a um turbilhão de problemas que estão acontecendo e nada pensado para o futuro consegue ser colocado em prática.

Uma pessoa que pensa em relacionamentos pode criar algumas dependências perigosas ao negócio e de todos os perfis, com certeza é o que mais se atrasa em seus compromissos.

Controladores geralmente perdem seus negócios porque não podem controlar pessoas. Não podem controlar clientes, colaboradores, fornecedores, sócios e outros. Por mais que tentem.

A saída para isso é montar um time a sua volta com perfis diferentes, desde que saiba cobrar cada um no que é bom. Eu tenho o perfil voltado para pessoas e sou horrível para controlar as contas e custos. Poderia contratar alguém neste perfil, mas não posso exigir que ele venda, faça o orçamento do ano que vem e arrume uma solução para meu problema de logística.

Por isso todas as teses modernas de empreendedorismo passam pelo autoconhecimento e os empreendedores bem sucedidos são aqueles que se conhecem mais profundamente.

Para organizar nosso tempo durante o dia o processo é o mesmo de qualquer outro de gestão: conscientização, organização e ação. Para isso o processo de coaching ajuda bastante e há muito treinamento bom no mercado.

Respeite seu tempo. Respeite o tempo dos outros. Porém, sobretudo, respeite o tempo, pois aqui ele é quem comanda e não nós.


Sergio Eduardo Roque é coach executivo e de vida com foco em processos de
autoconhecimento na SerOQue Desenvolvendo Pessoas. Com formação em
engenharia (FAAP) e marketing (ESPM) atua há mais de 25 anos no mercado como
executivo e empreendedor.