Com o objetivo de inspirar seus empregados a desenvolver soluções de mobilidade e outras inovações, a Ford criou na fábrica de Camaçari o Creative Room, espaço colaborativo que funcionará como laboratório para acelerar os processos de novas ideias. O projeto, que é o primeiro do gênero em fábricas da Ford na América do Sul, já existe na América do Norte, Europa e Ásia e combina conceitos de sustentabilidade e soluções inteligentes, como o reaproveitamento de componentes de veículos e objetos que seriam descartados.

Dessa forma, a empresa reforça o posicionamento da fábrica de Camaçari como um importante centro de inovação. “Nossa expectativa é de que este seja um local para impulsionar o desenvolvimento de soluções de mobilidade, acelerando o processo de formação de ideias com potencial para se tornarem patentes”, afirma Rafael Marzo, gerente global do Novo EcoSport.

Recém-inaugurado, o Creative Room conta com dois ambientes: o de coworking e o makerspace – espaço comunitário equipado com ferramentas de uso compartilhado para a criação de projetos, conceitos e trabalhos manufaturados. O lugar oferece duas impressoras 3D, sistema de áudio e vídeo, mesas modulares para reuniões, bancada com materiais para viabilizar a construção de protótipos – como caneta 3D, scanner 3D, kits modeladores de argila, lego robótico e kits de microcontroladores – que auxiliam na construção de objetos físicos no mundo virtual.

Ford

Esse espaço de inovação está ligado também aos laboratórios de Pesquisa e Desenvolvimento de produtos, responsáveis pelos projetos do Ka e do EcoSport, veículos globais da Ford desenvolvidos na Bahia, e ao Estúdio de Design, que oferece moderna infraestrutura de impressoras 3D, com dois equipamentos de porte industrial, permitindo a impressão de peças grandes com extrema precisão e excelente acabamento.

O designer Thiago Pinto colaborou para a criação do ambiente com materiais reaproveitados para a produção dos móveis e equipamentos. Foram usados 150 quilos de madeira de páletes em bancadas de trabalho, assentos das banquetas, rack e estante de livros; 200 quilos de ferro nas estruturas das bancadas, banquetas e jardim horizontal; rodas de alumínio do EcoSport FreeStyle como base das banquetas; alto-falantes do projeto do EcoSport e pneus de empilhadeira para a construção de caixas de som, entre outros recursos.

Além da inovação na decoração, o verde foi o toque especial do projeto, que ganhou um jardim com mudas de Pilea microphylla, conhecida como Brilhantina. O sistema de irrigação foi desenvolvido com uma bomba do limpador de para-brisa e sensores do EcoSport. “Uma grande tendência no mercado é o surgimento de espaços colaborativos de trabalho. Pensando nisso, decidimos que este seria um local de coworking e incorporamos a ele o conceito de MakerSpace”, explicou Thiago Pinto.