* Por Eduardo Tardelli

Não tão distante de nossos olhos, um exemplo básico e prático dessa vivência está na ficção, apresentada por meio da televisão, como a CSI Miami, série de TV americana que mostra o trabalho de investigação de uma equipe que utiliza tecnologia forense para desvendar casos criminais. Não é de admirar que a resolução de crimes e investigações tenham se tornado quase futuristas em seus avanços. Desde a varredura da retina até a química de evidências, as tecnologias forenses atuais são tão avançadas para ajudar a solucionar crimes que parecem algo impossível.

Com todo o avanço de inovações disponíveis, cada vez em um ritmo ainda mais crescente, não é de se espantar que este campo seja um dos que mais se expande nos EUA e no Brasil, principalmente diante dos grandes casos de relatados nos últimos anos.

Em meio a um mercado tradicional como o da justiça e do direito, atualmente diversas empresas e startups desenvolvem e apresentam novas tecnologias para auxiliar nos processos de compliance, não só pelos casos que necessitam de investigação, mas pelo avanço que a Inteligência Artificial que ganha cada vez mais espaço

Vou citar aqui um bom exemplo do que estamos abordando. O Ministério Público Federal (MPF), utilizou acordo de leniência no ano passado com a empresa Rolls-Royce, holding britânica do grupo Rolls-Royce, relativo a atos ilícitos praticados para beneficiar empresas do grupo e investigados pela força-tarefa da Operação Lava Jato. Como se trata de um caso complexo e análise de diversos dados manuais, a tecnologia forense é utilizada para apurar, identificar e apontar os caminhos para investigação.

O acordo fez parte de uma ação global da empresa firmados nos Estados Unidos, Reino Unido e Brasil, locais em que a Rolls-Royce possui escritórios e envolvidos em casos de investigações. Nesses países, a empresa relatou detalhes sobre pagamentos feitos a intermediários em onze países, além do Brasil. Como se tratam de mais de 30 milhões de documentos globais, a Serious Fraud Office, Departamento de Investigações e Fraudes do UK, contratou um escritório especializado em Inteligência Artificial para analisar todos os dados e cruzar informações, que sem o uso da IA seria impossível solucionar o caso.

Para finalizar e para que se possa ter uma melhor dimensão do tema, posso citar uma série de tecnologias forenses relevantes que provavelmente nunca imaginamos que existiriam:

Tecnologia Anticorrupção (upMiner): Muitos países têm fechado o cerco contra a corrupção. No Brasil, a lei anticorrupção sancionada em 2013, impõe responsabilidade civil e administrativa a pessoas jurídicas por atos contra a administração pública nacional e estrangeira. O upMiner auxilia na tomada de decisões por meio do poder do big data, automatizando consultas em diversas fontes de conhecimento disponíveis na web. A solução éideal para trabalhos de investigações, levantando informações sobre pessoas e empresas.

Vigilância digital para Xbox (XFT Device): A maioria das pessoas não imagina que um sistema de jogos pode ser um local potencial para esconder dados ilícitos, e é por isso que criminosos passaram a utilizá-los. Como uma das mais inovadoras tecnologias forenses para especialistas forenses digitais, o XFT está sendo desenvolvido para permitir às autoridades acesso visual a arquivos ocultos no disco rígido do Xbox. O XFT também éconfigurado para registrar as sessões de acesso a serem repetidas em tempo real durante as audiências judiciais.

Reconstrução Facial Forense em 3D: Embora esta tecnologia forense não seja considerada a mais confiável, é definitivamente uma das mais interessantes disponíveis para patologistas e cientistas forenses. Nessa técnica, o software de reconstrução facial 3D retém os rostos humanos da vida real e extrapola uma possível aparência física.

Identificação automatizada de impressões digitais: Com essas tecnologias forenses, investigadores de cena de crime, cientistas forenses e policiais podem comparar rápida e facilmente uma impressão digital na cena do crime com um extenso banco de dados virtual. Além disso, a incorporação de poeira de impressão digital magnética e a colocação sem contato permitem que os investigadores obtenham uma impressão perfeita das impressões digitais na cena do crime, sem contaminação.

Análise de ligação: Para rastrear fundos ilícitos em meio a um mar de papelada, softwares de análises de ligação são ferramentas valiosas para ajudar a encontrar atividades financeiras suspeitas. Este software combina observações de transações financeiras digitais incomuns, perfis de clientes e estatísticas para gerar probabilidades de comportamento ilegal. A fim de compreender e interpretar com precisão os resultados da busca.


Eduardo Tardelli é CEO da upLexis, uma empresa de software que desenvolve soluções de busca e estruturação de informações extraídas de grandes volumes de dados (Big Data) extraídos da internet e outras bases de conhecimento, correlacionando estas informações e gerando relatórios gráficos e analíticos para a melhor tomada de decisão.