Durante a AUVSI Xponential 2018, a Intel divulgou detalhes da plataforma Intel® Insight, um sistema de gestão de ativos digitais que permite a análise e o gerenciamento eficazes de dados coletados por sistemas aéreos, como drones.

A empresa anunciou também o lançamento do Intel® Mission Control, nova geração de software para planejamento de voos, e novas atualizações para o sistema Intel® Falcon™ 8+ que permitirão a captura de uma quantidade maior de informações, bem como realizar cálculos de distância e de distância segura para evitar obstáculos. “Com as novas tecnologias Intel para drones, as empresas têm agora um fornecedor único, que elas conhecem e confiam, para todas as suas necessidades em hardware e software – estamos oferecendo a elas mais ferramentas para capturar, processar e analisar informações críticas a seus negócios e tomar decisões criteriosas”, afirmou Anil Nanduri, vice-presidente e gerente geral da equipe de drones na Intel.

Como os dados são gerenciados

Clientes corporativos da Intel dos mais variados segmentos de mercado já estão utilizando o Intel Insight, um sistema de gestão de ativos digitais baseado na nuvem no qual os dados coletados pelos drones comerciais podem ser armazenados, compartilhados e gerenciados. A partir desses dados, a plataforma pode gerar modelos 2D e 3D, tirar medidas, viabilizar o compartilhamento e a colaboração entre equipes e executar a análise das informações.

Como os voos são planejados

O Intel Mission Control faz parte da nova geração de sistemas de planejamento de voos, gestão de projetos e manipulação de dados para o Intel Falcon 8+. Foi projetado para aumentar a eficiência do fluxo de trabalho e aprimorar a automação dos voos dos drone em missões comerciais, permitindo que os operadores do Intel Falcon 8+ criem planos de voos 2D e 3D para missões de levantamento topográfico, mapeamento e inspeção.

O planejamento é automatizado com modos avançados de mapeamento predefinido, várias camadas de informações aeroespaciais são integradas para garantir a segurança e a conformidade dos voos. A verificação automática da segurança e dos sistemas antes de cada missão ajuda a validar o plano antes de sua execução. E, assim que ela é concluída, o software apresenta uma pré-visualização rápida dos dados coletados para que o operador possa verificar se foram feitas a cobertura e a sobreposição adequadas da área, ou mesmo verificar qualidade das imagens em 3D.

O Mission Control está atualmente em fase de testes pelos clientes Intel para permitir o aperfeiçoamento de seus recursos e funcionalidades mais avançados.

O que mais há de novo?

A Intel anunciou três novas tecnologias projetadas para aplicações de inspeção, levantamento topográfico e mapeamento para o sistema Intel Falcon 8+. Uma delas é o Intel High Resolution Imaging Payload, que captura imagens de 42MP com incríveis detalhes e nitidez – com a ajuda das câmeras Sony RX1R II – e gera dados minuciosos de inspeção e que também irá suporta RTK por meio de uma futura atualização de software.

As outras novidades são o Intel Imaging Payload e o Intel Dual Imaging Payload, que trazem recursos para evitar obstáculos capazes de tornar as missões mais seguras, além da câmera Sony UMC-R10C de 20MP, oferecendo imagens com cores reais, marcação de horário e georreferencias para mapeamento, levantamento topográfico e inspeção. Como o nome sugere, o Dual Imaging Payload tem duas câmeras montadas em um giroscópio para captura simultânea de imagem RGB e imagens térmicas e estará disponível no próximo trimestre. Já o Intel Imaging Payload, assim como o High Resolution Imaging Payload, serão lançados ainda no fim deste trimestre.

O que é visto

A capacidade de evitar obstáculos aumenta a segurança e a confiabilidade de missões complexas de drones. A tecnologia Intel® RealSense™ inclui módulos com sensores de profundidade que inserem as imagens brutas capturadas em mapas de profundidade 3D de alta resolução. O recurso para evitar obstáculos presente no Intel Imaging e Intel Dual Imaging permite que o drone Intel Falcon 8+ detecte e evite potenciais perigos, além de ter a capacidade de manter uma distância definida de um objeto ou elemento durante a inspeção. Dentro de uma missão, os objetos são continuamente identificados em tempo real, e um mapa de profundidade 3D do ambiente é mantido na memória.

Como as novas tecnologias lideram em segurança:

Pelo compromisso da Intel com a operação e a segura dos sistemas aéreos não tripulados, a primeira certificação UL 3030 do mundo foi dada ao drone Intel Falcon 8+. Ela certifica a segurança elétrica das baterias, carregadores e produtos finais contra choques, curtos e fogo, incluindo a avaliação e os testes da resistência do gabinete, segurança dos requisitos de funcionamento e do motor, proteção contra lesões, desempenho e características autônomas. O drone Intel Falcon 8+ é o primeiro a receber esse certificado.