No dia 16 de maio, será realizado o primeiro encontro do Foodtech Movement, no Centro Ahoy de Inovação, em São Paulo. A agenda do evento trará alguns dos principais atores envolvidos na cadeia de produção do alimento para discutir a respeito dos desafios existentes no segmento e como a inovação pode auxiliar na aceleração das mudanças necessárias.

Segundo estimativas da FAO, o crescimento da população mundial, que deverá atingir a casa dos 9 bilhões de pessoas até 2050, exigirá um aumento de 60% na demanda global de alimentos. Tamanho é o desafio que o assunto virou foco de diversos fóruns globais envolvendo os principais stakeholders do segmento.

O intuito do movimento no Brasil é reunir as pessoas para pensarem em possíveis respostas a esse desafio e juntas cocriarem um futuro realizável e desejável para alimentar a população de forma sustentável. Afinal, é difícil imaginar que a indústria do alimento será capaz de fazer isso sozinha.

Para isso, o Foodtech Movement abordará o conceito de food system, fortalecendo a importância da colaboração e parceria entre organizações, universidades, indústrias, startups e demais empreendedores para a inovação em cadeia.

Entre os painelistas, organizações não governamentais, indústrias e consultorias de tendência e nutrição abordarão as necessidades e os comportamentos das novas gerações de consumidores, a diversidade de matéria prima, as novas tecnologias e os modelos de produção, trazendo sempre o ponto de vista diferente de cada um.

Parte importante da agenda do evento será o espaço dado a startups que atuam nesse segmento no País e estão em busca de parcerias e oportunidades para apresentarem seus negócios na Batalha de Food Startups. O evento também contará com o lançamento do primeiro mapa brasileiro de startups de food & beverage.

Para inscrições, ingressos e demais informações acesse a Agenda de Eventos Startupi.