* Por Guilherme Tavares

Começo este artigo inspirado na célebre frase creditada à Abraham Lincoln e também à Maquiavel: “Dê poder ao homem, e descobrirá quem ele é”. Geralmente, ela tem uma conotação negativa, mas o que vou compartilhar por aqui é uma experiência positiva deste pensamento.

Como gestores de startups sabem muito bem a importância da captação e retenção de talentos para o sucesso e crescimento contínuo – de preferência escalonado – do negócio. Como já tenho uma caminhada de 21 anos como empreendedor, sei que não é apenas salário que segura um colaborador no time e sim a experiência que ele tem no espaço físico da empresa e a dinâmica das relações com seus líderes e colegas de trabalho.

Por esse motivo, aqui na TagPlus desde o início da operação nós nos preocupamos com a motivação de time, investindo muito em motivação higiênica, que busca trazer conforto e qualidade de ambiente de trabalho a todos, bem como um clima organizacional jovem que fomenta um relacionamento de troca entre o gestor e seu colaborador – uma marca registrada da nossa cultura empresarial.

E essa filosofia nos levou, há cinco meses a implementar uma prática que tem gerado resultados incríveis: trata-se da eleição por parte dos colaboradores – funcionários, estagiários e sócios – de um prefeito, que internamente chamamos de chanceler.

Esse representante é escolhido por voto popular de todos, e o pleito é aberto para qualquer colaborador, independente do tempo de casa. No período de campanha, que dura cerca de 15 dias, os candidatos fazem campanha nas redes de comunicação interna da TagPlus e então quando eleitos têm um mandato de quatro meses.

Além disso, o prefeito tem uma verba em dinheiro, que poderá usar em prol da melhoria do ambiente de trabalho e para atender seus eleitores conforme as promessas de sua campanha. Não é permitida a reeleição sequencial, mas ele pode concorrer novamente em uma outra oportunidade.

A iniciativa deixou a dinâmica da empresa ainda mais animada. E para destacar o chanceler na área de trabalho, ele ganha uma camisa exclusiva, decoração personalizada na sua estação e um quadro especial com sua foto no mural dedicado a recordação dos prefeitos já eleitos.

Quanto ao desempenho de seu cargo e funções, o prefeito continua os desenvolvendo normalmente e não recebe nenhum valor a mais em seu rendimento para sê-lo pois é um ato de puro interesse na melhoria da qualidade do ambiente de trabalho.

Entre as conquistas dos dois primeiros chanceleres temos: picolé a preço de custo, frutas, pipoqueira, fornos maiores, novas pilhas para os controles do videogame, e os famosos happy hours às sextas, patrocinados pelo chanceler, com cerveja e salgadinho.


Guilherme Tavares é CEO da Tag Plus, um sistema de gestão comercial e emissão de nota fiscal eletrônica para micro e pequenas empresas, e cofundador da aceleradora Q4 Angels