O ProXXIma, evento realizado pelo Meio & Mensagem, realizou hoje a sétima edição do ProXXIma Startup, competição voltada para startups da comunicação. Bob Wolheim, curador da competição, disse que para esta edição foram mais de 150 empresas inscritas, o que resultou em 5 startups selecionadas para apresentarem um pitch final de 3 minutos para uma banca de jurados no palco principal do evento.

“As startups selecionadas precisavam trazer uma inovação real e concreta dentro do universo da comunicação, além de conseguirem apresentar um bom pitch no tempo estipulado. O legal deste concurso é poder apresentar aqui startups de um nicho específico, na vertical da comunicação”, diz Bob.

A vencedora desta edição levou um cheque de R$15 mil, em um oferecimento da agência de publicidade Tribal Worldwide. “O que acabamos de ver aqui é uma demonstração de forças que podem ser transformadoras. Inovação, tecnologia e ousadia na abordagem para resolver problemas que fogem do modelo tradicional são coisas do espírito das startups que não deveríamos só nos inspirar, mas trazer para dentro do nosso negócio, principalmente de comunicação, uma vez que o tema deste evento é a transformação pela qual o nosso mercado está passando”, afirmou Carlos Pitchu, da agência, após a apresentação dos pitches.

As startups que se apresentaram foram:

Gaia, uma startup que usa inteligência artificial para gerenciamento de campanhas de marketing;
Peepi, uma plataforma gamificada que oferece solução para o engajamento de “defensores de marca”;
Feedz, plataforma de people analytics para a melhora da cultura da empresa, satisfação dos colaboradores e redução do turnover;
Samplify, startup B2B que oferece uma ferramenta de distribuição de brindes para marketing de experimentação,
Flowsense, startup que usa dados de geolocalização para otimizar as ações de marketing e engajar clientes de marcas que possuem apps próprios.

A banca de jurados foi composta por investidores e grandes empreendedores. Entre eles estavam Cassio Spina (da Anjos do Brasil), Fabiano Destri (presidente da Mobile Marketing Association na América Latina), André Escobar (COO da Conta Um) e Edson Rogonatti ( sócio na Astella Investimentos). “Nós avaliamos a competência do time da startup e a inovação embarcada na tecnologia que ela oferece, analisando o impacto dela dentro da comunicação”, afirmou Rodrigo Borges, da DOMO Invest, também jurado da competição.

Apresentação do pitch da Feedz

A startup vencedora foi a Feedz. De acordo com Gabriel Leite, fundador da empresa, o dinheiro recebido será investido em um estande no Conarh, evento que acontece em agosto. “Pesquisas mostram que mais de 74% das pessoas não estão felizes nas empresas. Enquanto isso, 10% das empresas brasileiras utilizam ferramentas de people analytics. Por isso, a nossa missão é deixar os colaboradores mais satisfeitos e felizes, apresentando ferramentas para poder reter as pessoas dentro das empresas e motivá-las”, diz.

A empresa está no mercado há apenas três meses, e neste tempo já tem mais de 150 empresas utilizando suas soluções, o que corresponde a mais de 600 usuários na plataforma.