* Por Ivan Zeredo

As estratégias de vendas via plataformas marketplace nunca estiveram tão em evidência no e-commerce quanto no momento atual. Um dos gatilhos responsáveis por esse crescimento no Brasil, foi a chegada de novos players como a Amazon e o fortalecimento de plataformas do segmento como B2W e Mercado Livre. De acordo com o relatório Webshoppers de 2017, publicado pelo e-bit, no último ano a categoria representou 18,5% do total de vendas no e-commerce, volume correspondente a 8,8 bilhões em faturamento.

Atualmente, as plataformas de e-commerce líderes no mercado impulsionam o setor e abrem espaço para o crescimento de pequenos lojistas. Esse sucesso dos marketplaces também se deve a praticidade de divulgação dos produtos e um conjunto de benefícios que promovem o crescimento na participação de lojistas de diversos segmentos, entre os quais podemos destacar:

Menor custo de marketing

Um dos incentivos para que os lojistas optem por divulgar seus produtos em plataformas de marketplace é economizar os esforços em ações marketing, uma vez que, os portais assumem a maior responsabilidade em atrair os usuários, realizar promoções e estratégias de vendas. No entanto, vale ressaltar que para disponibilizar os produtos nas plataformas, os lojistas arcam com as taxas atribuídas por elas. Por isso, é importante analisar o custo-benefício envolvido na operação para ver se a estratégia realmente vale a pena.

Confiança dos consumidores

Conquistar a confiança dos usuários pode levar algum tempo e para os e-commerces menores, esse fator representa um grande desafio para impulsionar as vendas. Sendo assim, uma das grandes vantagens na publicação de produtos em grandes marketplaces é se valer da credibilidade dessas plataformas e transferir a segurança necessária para os consumidores concluírem a compra.

Maior alcance de público

Quanto maior a quantidade de lugares em que os produtos da loja estiverem disponíveis, maior a probabilidade de que ele seja encontrado pelo público de interesse, certo? Em partes podemos considerar que sim. A lógica faz sentido para a divulgação de produtos em uma ou mais plataformas de marketplace. No entanto, é preciso também se atentar para a alta concorrência desses portais, uma vez que, é muito comum encontrar um mesmo item oferecido por diversas lojas no site.

Dessa forma, as informações fornecidas sobre o produto, um bom planejamento para conseguir a melhor competitividade nos preços e condições de frete e irão atuar como os principais diferenciais de vendas no marketplace


Ivan Zeredo, Diretor de Marketing do Cuponomia, plataforma que reúne cupons de desconto dos principais players de comércio eletrônico do país, e que recentemente iniciou operações no México, Chile e Colômbia.