Imagine sobrevoar o trânsito dos horários de pico enquanto estiver a caminho do trabalho. Essa seria a realização dos sonhos de todos aqueles que enfrentam uma rotina comum na Cidade do México, onde o congestionamento pode ser insuportável. O alto fluxo de carros e os quilômetros de congestionamento que se estendem pela cidade geram prejuízos de milhões de dólares para as economias locais anualmente. Além do impacto financeiro, sabemos que o problema causa um efeito real e negativo na saúde das pessoas. Um estudo de 2012 feito pela Universidade de Washington, em Saint Louis, revelou que congestionamentos longos e constantes estão associados ao estresse crônico, pressão alta e ganho de peso.

Hoje, a Voom anunciou o lançamento de sua plataforma de reserva de helicópteros sob demanda na Cidade do México, que permitirá que os moradores da cidade sobrevoem o trânsito. A capital do México é a segunda cidade do mundo a receber os serviços da Voom, depois de São Paulo. Em parceria com a Airbus Helicópteros, a Voom criou uma das primeiras plataformas de reserva de helicópteros do mundo, onde os passageiros podem reservar um voo e decolar em apenas 60 minutos ou planejar sua viagem com até sete dias de antecedência.

A Voom está disponível nos locais mais convenientes da cidade, como a região de Radio Capital, e Interlomas, bem como o Aeroporto Internacional da Cidade do México (AICM) e o Aeroporto Internacional de Toluca. Sem dúvidas, uma das rotas mais populares será constituída pelos pontos das Montanhas Urais para o AICM, permitindo que os clientes gastem apenas 10 minutos de um local a outro da cidade ao invés de desperdiçar quase duas horas em um trajeto terrestre, o que costuma ocorrer nos horários de pico.

A Cidade do México foi uma escolha natural como o segundo local para lançar os serviços da Voom. Os moradores e visitantes da cidade podem confirmar que se trata de uma das localidades mais congestionadas do mundo. Além disso, a Cidade do México já possui uma infraestrutura significativa para serviços de helicópteros que conta com mais de 200 helipontos na região metropolitana e, trabalhando com as autoridades aeronáuticas locais, incluindo a Direção Geral de Aviação Civil (DGAC), ficou claro que os reguladores mexicanos reconhecem que as plataformas digitais são necessárias para oferecer opções de transporte mais eficientes. O México também tem um controle de tráfego aéreo dedicado a helicópteros, o que permite um transporte aéreo ainda mais eficiente.

“A Voom é a empresa ideal para encarar o desafio da mobilidade aérea urbana na Cidade do México. Nós já temos o conhecimento e os recursos para fornecer uma solução viável para a reserva de helicópteros no mercado atual. Não poderíamos estar mais entusiasmados em trazer uma opção de transporte alternativa e necessária para mais esta parte do mundo”, afirma Uma Subramanian, CEO da Voom.