* Por Vinicius Andrade

Social Selling é um assunto que gosto bastante, pois retrata muito bem um propósito de empresa que estou bem familiarizado e aplico. Esse conceito significa fazer as pessoas ganharem dinheiro por meio do engajamento de sua base de seguidores, seja alguém que já possui muitos fãs ou aquele empreendedor que pretende iniciar a construção de sua marca e utiliza nossa plataforma para isso.

Social Selling usa o poder das mídias sociais como LinkedIn, Facebook, blogs, fóruns e no Twitter para identificar oportunidades, obter insights sobre perspectivas e aprofundar as relações. Ou seja, o conceito é a utilização das redes sociais para a obtenção de informações e qualificação dos contatos, com o objetivo de gerar leads e reduzir os esforços de venda, otimizando tempo e aumentando os lucros.

Nas vendas tradicionais temos muitos contatos sem interesse real no produto, não podemos saber das reais necessidades dos clientes e nem podemos falar sobre como o produto pode contribuir para o cliente.  As oportunidades de venda são descobertas apenas no final da interação com o cliente.

O foco se mantém sempre nos clientes que estão prontos para comprar. Esse sistema permite que o vendedor seja capaz de oferecer a solução certa no momento certo e para as pessoas certas, ou seja, muito mais assertividade. O vendedor potencialmente se envolve em conversas mais relevantes, tornando-se um especialista de confiança e aprofunda as relações por meio de uma melhor escuta para os clientes. Além disso, as oportunidades são descobertas logo no início, dando tempo para se trabalhar o cliente

Em resumo, a venda por meio das mídias sociais possibilita identificar mais rápido novas oportunidades, sem problemas, e iniciar conversas para fechar mais negócios.

Algumas dicas que eu posso dar é entrar no jogo, pois a rotina diária irá ajudá-lo a encontrar clientes, e auxiliar os clientes a te encontrar. Não se preocupe com a ordem correta de fazer as coisas, ainda estão a ser criadas as “regras”. Basta começar a usar a mídia social para se conectar com os clientes todos os dias.

Outro critério importante é conhecer os seus clientes. Ir ao encontro deles ao invés de esperar que eles venham até você. Quais blogs que eles lêem (ou escrevem)? Eles estão no Twitter? Quais hashtags que eles seguem e usam? Eles estão em grupos do LinkedIn ou Facebook? Encontre onde eles estão, se conecte com eles de maneira não intrusiva e busque novos negócios. Faça-se presente nas redes sociais relevantes, publique o seu perfil completo, poste em blogs que seus clientes lêem e ajude-os com perguntas e respostas. Conecte-se com as pessoas de uma forma que eles se envolvam. Ajude-os a promover os objetivos deles, não apenas o seu.

Precisamos ser um ponto de apoio, sermos úteis. Ouvir os problemas e compartilhar as soluções. Mostrar que você se importa com seus clientes e construir sua reputação e autoridade. Crie conteúdo que seja fácil de compartilhar e gerar mais leads. Não nutra seu produto, nutra sua rede.

Por último, é importante conectar-se com a inteligência social. Você buscou oportunidades e trouxe interessados para dentro do seu negócio. Em seguida, se conecte com eles de uma forma que eles se envolvam com você e gostem de te seguir. O que estão dizendo? Quem eles admiram? O que é que eles querem?

Lembre-se: os melhores vendedores do mundo nunca vendem nada. Com muita pesquisa e preparo, é possível se reinventar e adaptar novas técnicas aos negócios existentes. Você está preparado para a Nova Era das Vendas?


Vinícius Andrade é CEO da Vesteer, maior plataforma de criação, venda e distribuição de produtos personalizados em todo o Brasil.