Após receber aporte do Bossa Nova Investimentos em 2016 e fazer uma rodada de investimentos pré-seed em 2017 com a participação do fundo de investimento 5xmais e alguns investidores-anjo, a CleanCloud, plataforma de gerenciamento de infraestrutura de computação em nuvem, que ajuda grandes empresas e startups a reduzir seus gastos e melhorar a segurança de sua nuvem AWS, foi uma das selecionadas do Start-Up Chile.

O programa de aceleração é financiado pelo governo chileno, que oferece investimento, escritório para as startups montarem uma operação no país e uma rede de contatos que inclui grandes empresas, agências do governo, mentores e investidores locais. Como o programa é equity free, ou seja, não há qualquer contrapartida na forma de participação acionária na startup, o retorno para o governo se dá com o sucesso da operação da empresa no Chile, com a geração de empregos e pagamento de impostos.

Por isso são selecionadas startups com potencial de internacionalização. “Para a gente o programa faz muito sentido”, afirma Henrique Vaz, um dos fundadores e CEO da CleanCloud “atacamos um problema global e a plataforma é toda em inglês, aqui podemos testar nosso modelo e expandir para outros países da América Latina”.

A CleanCloud já iniciou provas de conceito com potenciais clientes e parceiros locais e espera assinar seus primeiros contratos já no próximo mês.