O Banco Neon anunciou hoje o lançamento de seu cartão de crédito físico. Desde o lançamento do banco – antiga fintech Contro.ly -, os usuários contam com um cartão de crédito virtual, que pode ser utilizado para compras online, mas funciona na conta do cliente Neon como débito.

Após um ano e oito meses de lançamento do banco, a novidade chega ao mercado.”Desde o primeiro dia do lançamento do Neon as pessoas perguntam sobre o cartão de crédito. Estamos muito ansiosos com este novo produto. Nosso objetivo é ser um banco completo, e isso é um passo importante”, explica Pedro Conrade, fundador e CEO do Neon.

A partir das 15h de hoje, todos os usuários, que tiverem o app atualizado do banco virtual, poderão solicitar o cartão pela conta do banco. De acordo com Pedro, o objetivo é que em até 30 dias sejam liberados 5 mil cartões de crédito.

Para os usuários que abriram a conta a partir de setembro de 2017, os cartões de débito já têm a função de crédito. É só solicitar pelo aplicativo a função e aguardar a liberação. Para os clientes mais antigos, um cartão novo será emitido, também pela bandeira Visa, automaticamente após a liberação do cartão de crédito solicitado.

Pedro diz que o novo produto da fintech não tem anuidade. “Assim como na conta, não há tarifas mensais. Todo o processo para pedido funcionará dentro do app, como as outras funções. Quando o cartão for aprovado, aparecerá uma nova área no aplicativo para o crédito no cartão. Os usuários poderão controlar o uso do cartão de crédito pela aba ‘cartões’ no app”, explica.

“A gente acredita que o cartão de crédito tem que ser bem utilizado. Se as pessoas saírem gastando demasiadamente vai causar um endividamento, porque o juros deste tipo de serviço alto. Nosso objetivo é que elas façam melhor uso para o cartão”, diz o CEO, explicando que uma das funções para a conta é o débito automático da fatura do cartão de crédito direto na conta Neon. “É mais um produto dentro do portfólio do Neon para simplificar a vida dos clientes.”

Uma das novidades do novo serviço é o Turbo Limit. Todos os usuários do cartão Neon poderão solicitar 20% do crédito a mais, diretamente pelo aplicativo. O crédito extra ficará disponível no cartão imediatamente, e durará por sete dias, para que os usuários não sejam pegos desprevenidos em uma emergência.

A taxa do rotativo é menor que a média do mercado, sendo 11,99%. A partir dos 30 dias do rotativo, a conta pode ser parcelada, com juros de 7% ao mês. “No futuro, podemos ser flexíveis quanto às taxas, quando compreendermos melhor o comportamento dos nossos clientes em relação ao cartão”, diz.

Além das informações do mercado, quanto mais o cliente usar a conta digital, maior a chance de ser aprovado para o cartão de crédito, porque mais dados sobre o comportamento financeiro do cliente o banco terá. Para ter uma conta Neon, só é necessário ter mais de 18 anos.

O cartão não tem variedades, como black e platinum, por exemplo. O limite de crédito de cada usuário dependerá do comportamento financeiro dele. Por enquanto, também não há previsão de programas de fidelidade ou cashback, mas Pedro garante que não são opções descartadas. “Ainda não entendemos o modelo certo de benefícios. Tudo depende de como os nossos clientes se usarão o cartão, para entendermos as necessidades deles.”

“Estamos comprometidos em ampliar o máximo o uso do novo produto pelos clientes. O lançamento representa o Neon mostrando para o mercado que veio para ficar e está aumentando seu portfólio de produtos”, afirma Pedro.

Em 2017, a instituição lançou o Objetivos, modalidade de planejamento financeiro e de investimentos. Com apenas quatro passos, os clientes podem criar pelo app do banco um Objetivo, com foco na concretização de uma conquista. Com liquidez diária e investimento mínimo de um real, o serviço oferece um rendimento maior que a poupança e permite que os usuários façam depósitos ou resgatem o dinheiro investido a qualquer momento. Toda tecnologia e inteligência da solução foi desenvolvida internamente.

Para criar um objetivo basta, primeiramente, acessar o aplicativo e clicar na funcionalidade que fica na tela principal. Após isso, é preciso definir o valor que deseja atingir, seja ele qual for. Caso não tenha uma meta em mente e deseja simplesmente se organizar, para conseguir poupar de pouco em pouco, é só clicar na opção “sem valor definido”.

Para os próximos meses, o banco ainda promete novidades. De acordo com o CEO, o banco está desenvolvendo uma conta digital para PMEs que será lançada ainda este ano. Até o fim do ano, o objetivo é chegarem a 1 milhão de clientes.