A Asset Management de Venture Capital DOMO Invest, acaba de anunciar seu novo investimento. Trata-se do Agenda Edu, plataforma de gestão de comunicação e engajamento em ambientes escolares. A startup tem atuação nacional e, atualmente, reúne mais de mil escolas em sua base. No total, atende mais de 500 mil usuários ativos, entre alunos, pais e educadores, o que a consagra como a maior em operação não Brasil. Para 2018, o desafio consiste em mais do que dobrar o número de usuários ativos, além de incrementar o portfólio.

“O ano de 2017 foi essencial para o nosso amadurecimento e esse aporte da DOMO Invest reflete, justamente, isso. Conseguimos dobrar nosso time, aprimorar nosso software a abrir uma base de operação na capital paulista, uma vez que nossa sede fica em Fortaleza (CE). Além disso, firmamos parceria com as escolas da Pearson, maior empresa de Educação no mundo”, destaca Anderson Morais, CEO do Agenda Edu.

Equipe da startup Agenda Edu

Fundada em 2014 como Agenda Kids, a startup tinha foco em escolas de Educação Infantil, a partir do apoio em gestão de comunicação em ambientes educacionais por meio da substituição da tradicional “agendinha de papel” por uma plataforma digital de comunicação. Seu diferencial consiste em um aplicativo no qual as informações escolares podem ser acompanhadas em tempo real, mais adequado a realidade dos responsáveis, alunos e educadores.

Após três anos e meio de mercado, a plataforma amadureceu e passou a atender todos os níveis de ensino dentro das instituições. Ao ser rebatizada de Agenda Edu, ampliou então seu leque de serviços para, além da gestão da comunicação, trazer funcionalidades que auxiliem a melhoria do engajamento dos responsáveis, alunos e educadores na jornada educacional e permitam a escola acompanhar a evolução dos indicadores de forma transparente.

A DOMO Invest busca startups early stage, brasileiras, de cunho tecnológico e com focos de atuação B2C e B2B2C. O segmento de EdTech é um dos mais promissores e, portanto, continua no radar da gestora. De acordo com um relatório da EdTechXGlobal, o mercado global de tecnologia da educação deve contabilizar 252 bilhões de dólares até 2020.

Para compor seu fundo de VC, a DOMO Invest definiu o teto de R$100 milhões e visa empoderar empreendedores com Smart Money nesse estágio inicial do negócio, no qual já provaram a eficiência do produto/serviço e uma aceitação mínima de seu público-alvo. O quadro de sócios e gestores da Asset Management é composto por competências complementares, o que propicia a aceleração do desenvolvimento das startups investidas. Com visão nos horizontes de médio e longo prazo, todo o coaching da DOMO Invest busca agregar em termos de conhecimento de mercado, estratégias de crescimento inovadoras, conexões com novos clientes e acesso a fornecedores.

“É primordial que as startups investidas pela DOMO Invest tenham pleno conhecimento do mercado onde atuam e consigam, frente às oportunidades, tirar o melhor proveito desse mercado. E essa capacidade de execução e visão de longo prazo é que identificamos no time de empreendedores que formam o Agenda Edu”, complementa Felipe Andrade, sócio da DOMO Invest.