PUBLIEDITORIAL

Vídeos estão se tornando cada vez mais parte integral de uma estratégia de Inbound Marketing de sucesso. Simplesmente por que os usuários web adoram vídeos! Diferente de outras formas de conteúdo, vídeos são capazes de compartilhar a história da sua marca, personalidade, missão e apresentar seu produto de uma maneira muito mais emocional. Por conta disso, usuário de internet são mais propensos a se conectar e interagir com esse tipo de conteúdo.

No Brasil, alguns negócios já estão aproveitando os benefícios de se incorporar vídeos na sua estratégia de Inbound. Um estudo indicou que 96% das empresas B2B já estão integrando vídeos em suas campanhas de marketing. No ritmo atual, é de se esperar que vídeos vão ser responsáveis por aproximadamente 80% do tráfego de dados na internet próximo de 2019.

Existem diferentes formatos de vídeos que as empresas podem utilizar para interagir com seus consumidores. Entre eles, o Webinar é uma das ferramentas mais poderosas.

Mas, o que é um Webinar?

O termo webinar é uma abreviação para “web-based seminar” ou “seminário online”. É um evento online onde um apresentador pode interagir virtualmente com sua audiência através de uma plataforma web. O que faz os webinars diferentes de outras ferramentas de vídeo é que ele permite a audiência interagir com o apresentador, no geral, uma plataforma webinar possui recursos de chat e permite que qualquer espectador envie mensagens para o apresentador durante a condução do próprio webinar. A capacidade de interagir com a audiência é essencial para muitos negócios pois cria uma interação mais próximo e humana.

Formatos de webinars:

De maneira geral, existem 3 formatos de webinar: webinars em tempo real, webinars gravados e o que chamados de webinars híbridos.

1 – Webinars em tempo real:

Como o nome sugere, Webinars em tempo real são aqueles que você fala com a sua audiência em tempo real, ou seja, uma versão live, você está falando e no mesmo momento as pessoas estão escutando. Esse é o formato mais comumente utilizado por negócios, por que passa bastante credibilidade.

O único problema de Webinars em tempo real é o risco de algum problema técnico por conta da sua internet ou do seu computador. Por ser online, também existe sempre o risco de o apresentador não encontrar as melhores palavras para cada contexto.

2 – Webinars gravados:

Devido aos desafios técnicos impostos por um webinar em tempo real, algumas empresas preferem gravar previamente seus webinars, editar e depois agendar um horário para ele ir online. Apesar de evitar a grande maioria dos problemas técnicos possíveis de surgir em uma transmissão online, você perde um dos principais recursos do Webinar que é a capacidade de interagir com seus usuários e ir respondendo dúvidas e perguntas conforme elas forem surgindo.

3 – Webinars híbridos:

É simplesmente um misto entre os dois formatos que citamos anteriormente. Por exemplo, você pode começar falando com seus espectadores, mostrar uma agenda dos assuntos que vão falar ao longo do dia e apresentar a sua empresa, porém, em algum momento você pode optar por alternar para uma versão gravada em que apresenta em detalhes o funcionamento da sua solução, assim que ela estiver terminada, você pode voltar a conversas com seus espectadores e tirar dúvidas que eles tenham ficado sobre a sua solução.

3 indicativos que já passou da hora da sua empresa fazer webinars:

1 – Seu negócio não está atraindo a quantidade necessária de usuários:

Seu negócio parece estar fazendo todas as coisas corretas e recomendadas pelos experts, porém, você ainda não está obtendo os resultados que gostaria, as pessoas não têm lido seus conteúdos e nem interagido em seu site.

Nesses contextos organizar seus próprios webinars pode ser algo extremamente valioso. Segundo a maioria das pessoas que o utilizam, o grande valor dos webinars é estabelecer sua empresa como uma fonte de informação confiável, um parceiro.

2 – Sua conversão está caindo:

Idealmente, sua taxa de conversão estaria sempre aumentando, porém, é comum que em algum momento seu negócio pare de converter tão bem, as mesmas estratégias não funcionem e algumas landing pages deixem de serem efetivas. Adicionar webinars a sua estratégia de marketing, vai te ajudar a gerar mais leads e principalmente, leads mais qualificados.

3 – Sua audiência não entende seu produto:

Esse é um dos problemas mais comumente enfrentado por empresas de tecnologia ou com produtos muito inovadores: as pessoas simplesmente não são capazes de entender a sua solução ou ficam com dúvidas de detalhes técnicos.

Ao invés de criar um vídeo explicando o funcionamento de sua solução, alguns empreendedores preferem fazer apresentações para milhares de seus usuários simultaneamente e tirarem dúvidas em tempo real de funcionalidades e recursos da plataforma.

*Conteúdo por Get Response.