O ChefsClub, maior clube de gastronomia do país, acaba de anunciar a fusão com o Grubster, startup de reservas e descontos em restaurantes, se consolidando como o maior player do segmento, com cerca de 700 mil mesas preenchidas em 2017 e 3 mil restaurantes parceiros em diversas cidades do Brasil. Com a união, a nova empresa, que manterá o nome ChefsClub, busca alcançar em 2018 um faturamento de R$400 milhões no setor.

“Temos grandes objetivos para o ChefsClub este ano e acreditamos que a fusão irá ajudar a concretizar nossos planos, como, por exemplo, alcançar um crescimento de 50% da receita e dobrar o número de assinantes”, explica Guilherme Mynssen, CEO do ChefsClub. Juntas, as duas empresas foram responsáveis por movimentar cerca de R$200 milhões no mercado de restaurantes de todo o Brasil no último ano.

A fusão será feita em várias etapas, sendo finalizada no final do primeiro trimestre do ano, com a unificação completa das marcas. “A movimentação das empresas dentro do mercado de gastronomia também visa a consolidar a marca ChefsClub, aproveitando a sinergia entre elas com um modelo que beneficiará todos os lados, além de ganhar mais tração para possíveis parcerias e investimentos”, complementa Mynssen.

A partir de abril, todos os assinantes das duas empresas já passam a se beneficiar dos descontos que poderão ser utilizados de forma ilimitada nos restaurantes mais renomados de todo o país. “Nossos clientes – usuários e restaurantes – valorizam muito o atendimento e suporte que damos a eventuais dúvidas e problemas. Esse padrão de excelência no relacionamento, que é marcante em ambas as empresas, será mantido para que juntos nos tornemos o clube de gastronomia preferido de quem deseja comer fora de casa”, finaliza Mynssen.