A Baita, aceleradora de startups com sede em Campinas, está com inscrições abertas para sua primeira turma de aceleração de 2018. O programa é voltado para startups de base tecnológica, das mais diversas verticais, como Agro, Indústria, Fintech, EdTech, Saúde e tecnologias (IoT, IA, Software, hardware, biotec).

Segundo Rosana Jamal, Sócia da aceleradora, eles não filtram as startups por maturidade, porém aquelas que tenham mais que apenas uma ideia, terão preferência. “O programa valoriza o protagonismo do empreendedor, o que ajuda na criação de um ambiente de cooperação mútua entre as startups. O que nós valorizamos muito é o time e o mercado em que os empreendedores atuam”, destaca Rosana.

Com duração de 6 a 12 meses, o processo acontece na sede da Baita, no Parque Tecnológico da UNICAMP em Campinas, e o que determina o tempo do programa para cada startup é o estágio de maturidade do negócio no início do processo e o grau de complexidade da sua solução.

O conteúdo do programa é bastante completo e trata vários aspectos do negócio e da tecnologia. A Baita conta com a experiência dos sócios e de uma rede de parceiros altamente especializada, prontos para suportar as startups nos mais diferentes estágios. O empreendedor conta também com mentoria e suporte da equipe, espaço de trabalho, benefícios de parceiros, investimento financeiro e uma vasta rede de contatos.

“Entendemos que uma startup precisa se preparar para o processo de crescimento e isso envolve desde modelagem do negócio para torná-lo escalável até prepará-la para buscar investimento na forma e momento mais adequado. Neste processo, somos parceiros da startup e sentamos lado a lado com os fundadores durante  todo o processo de aceleração. E o nosso relacionamento não termina ao final do programa, nós continuamos apoiando os empreendedores mesmo após a aceleração”.
Mais de 200 startups já passaram pelos processos da Baita e várias startups já receberam investimento, entre elas estão: Agrosmart, Portal Telemedicina, Virtual Avionics, Desh, AllGoo, algumas delas já com expansão internacional.
As inscrições para o programa de aceleração vão até dia 5 de março. Para saber mais detalhes clique aqui.