A Apple anunciou na última semana, durante a divulgação dos resultados do último trimestre, que o serviço de pagamentos Apple Pay chegará ao Brasil em breve.

“O serviço mais do que triplicou quando comparado com o mesmo período do ano anterior e estamos muito entusiasmados em anunciar que vamos levá-lo para o Brasil nos próximos meses”, disse o CEO da companhia, Tim Cook.

O executivo não deu uma data exata para quando o lançamento acontecerá por aqui, mas o Brasil será o primeiro país da América Latina a realizar pagamentos com o serviço do iPhone. Por enquanto, o Apple Pay está disponível em 20 países no mundo.

O serviço vem para fazer concorrência ao Android Pay e Samsung Pay – este último lançado no Brasil há cerca de dois anos, e tem parceria com bancos como Bradesco e Santander. O serviço da Apple, no entanto, chegará ao país em parceria com o banco Itaú, conforme o site oficial da plataforma.

“Estamos muito felizes em trazer o Apple Pay aos clientes do Itaú Unibanco. Com o Apple Pay, os clientes terão uma maneira fácil e segura para fazer compras em lojas, aplicativos e e-commerce usando seus dispositivos Apple, transformando a maneira que eles pagam todos os dias. O Itaú Unibanco será a primeira instituição financeira do país a receber o sistema, que estará disponível em breve para seus clientes”, diz o posicionamento do Banco.

Em lojas físicas, o pagamento pelo Apple Pay acontece por meio da tecnologia NFC (Near Field Communication, ou comunicação por campo de proximidade, em português). Basta encostar o aparelho celular ou iPhone Watch na maquininha e autorizar a transação para realizar o pagamento.

A autenticação é realizada por impressão digital ou identificação facial. Da mesma forma, é possível realizar compras online com a novidade.