A Mastercard anunciou hoje uma iniciativa para promover a tecnologia sem contato como o padrão para os pagamentos nos próximos cinco anos. Com isso, pessoas em todo o mundo poderão fazer uso da tecnologia digital do futuro e ter uma experiência de compra muito melhor e mais consistente.

No fim deste ano, a Mastercard realizará uma série de atualizações em terminais e cartões em toda a Europa, América Latina e Caribe, Ásia-Pacífico, África e Oriente Médio com o intuito de levar a tecnologia de pagamentos sem contato da forma mais conveniente e segura a mais pessoas ao redor do mundo. Com o tempo, todo portador de cartão poderá efetuar pagamentos apenas aproximando seu cartão ou dispositivo.

A agilidade dos pagamentos sem contato, aliada à autenticação dinâmica proporcionada pela tecnologia EMV contra fraudes, está transformando o comércio do dia-a-dia e proporcionando maior segurança e conveniência, além de beneficiar estabelecimentos comerciais e consumidores. Também beneficia emissores de cartão, pois incentiva o uso do cartão em substituição ao dinheiro vivo, e está por trás de projetos governamentais exclusivos, como transporte público em algumas das maiores cidades do mundo.

Hoje em dia, milhões de consumidores fazem pagamentos sem contato em mais de 8 milhões de estabelecimentos em 111 países. Na América Latina, o número de transações sem contato aumentou 17 vezes em 2017, enquanto o volume de gastos cresceu 13 vezes no mesmo período.

A demanda por pagamentos sem contato é forte e está crescendo, e 15% de todas as compras realizadas em lojas físicas no mundo usam essa tecnologia. Reconhecendo a oportunidade de acelerar a adoção, a Mastercard estabeleceu o seguinte cronograma:

  • A partir de outubro de 2018, todos os novos terminais de pagamento na América Latina, Europa, Oriente Médio, África e Ásia-Pacífico contarão com a tecnologia de chip EMV e sem contato;
  • A partir de abril de 2019, todos os novos cartões emitidos na América Latina, Europa, Oriente Médio, África e Ásia-Pacífico terão a tecnologia de chip EMV e sem contato; e
  • Até abril de 2023, todos os estabelecimentos comerciais na América Latina, Europa, Oriente Médio e África realizarão transações sem contato e com chip EMV.

“Nossa visão é um mundo em que os portadores de cartão nunca precisarão se preocupar se sua loja favorita aceita sua forma preferida de pagamento, nem abrir mão da segurança em nome da conveniência,” disse Patricio Hernandez, vice-presidente sênior de Soluções de Segurança para a região da América Latina e Caribe. “

“O anúncio de hoje representa um passo importante em direção a maior consistência, segurança e agilidade nos pagamentos, ao mesmo tempo em que estabelece os alicerces de ainda mais inovação em pagamentos digitais e móveis”, completou Hernandez.