A Niantic, desenvolvedora do jogo que virou febre no Brasil em 2016, o Pokémon Go, anunciou planos para lançar seu jogo de captura de monstros na China. A empresa disse ao Financial Times que levaria o jogo de realidade aumentada para a China depois de chegar a um acordo de parceria com uma empresa local NetEase.

As regulamentações chinesas que abrangem o conteúdo online exigem que empresas estrangeiras encontrem um parceiro para lançar empreendimentos digitais no país. A Niantic não deu uma data específica para quando Pokemon Go será ativado na China.

John Hanke, diretor executivo da empresa norte-americana, disse à FT que pretendia com certeza levar seus jogos para a China – o maior mercado mobile do mundo. O lançamento de Pokémon Go em 2016 e sua enorme popularidade deixaram a empresa com bastante capital, disse ele, e está em boa posição para se expandir.

Além disso, ele acrescentou, uma recente rodada de financiamento levantou US$ 200 milhões (£ 148 milhões) de investidores que também estimulariam a expansão. O número de jogadores diminuiu drasticamente desde o lançamento da Pokemon, disse Hanke, mas há um núcleo “sólido” de jogadores que ainda jogam com bastante frequência.

A experiência técnica e política que a Niantic acumulou durante o lançamento do Pokémon Go serviu bem, pois desenvolveu mais jogos, disse ele. O próximo grande jogo que a companhia planeja lançar será baseado na saga Harry Potter, no segundo semestre deste ano.