A Koin, meio de pagamento para compras online, acaba de receber aporte de R$ 15 milhões. A rodada de investimentos foi liderada pela International Finance Corporation (IFC), do Grupo Banco Mundial, maior instituição de desenvolvimento voltada para o setor privado nos mercados emergentes, junto com outros fundos europeus, como o austríaco Speedinvest, entre outros.

O investimento é a primeira etapa de um projeto que visa o financiamento de R$ 300 milhões para a companhia, por meio de novos aportes e da estruturação de um FIDC, até o final de 2018. Com os recursos, a Koin avançará em seu plano de expansão, investindo nos pilares estratégicos do seu negócio: pessoas, tecnologia e em seu próprio sistema de inteligência de dados, que analisa de forma diferenciada parâmetros de crédito e de fraude.

“A entrada de novos investidores mostra a confiança em nossa empresa. O IFC é uma chancela de grande valor aportada à Koin, o que nos ajudará a ser mais relevante no mercado e a desenvolver novos produtos para consumidores e lojistas”, diz Gabriel Franco, CEO da empresa.

A startup atua no mercado brasileiro desde abril de 2012. Para o consumidor, a solução de pagamento oferece diversos benefícios, sendo um deles a possibilidade de adquirir um produto online, recebê-lo primeiro e só depois realizar o pagamento (em uma ou mais parcelas). Além disso, todo o processo de check-out é feito sem a necessidade de fornecer qualquer dado financeiro, de forma rápida e segura. Para o lojista, a Koin representa uma opção de pagamento que oferece crédito online de maneira diferenciada para novos e atuais consumidores, como uma forma de aumentar a conversão e, consequentemente, as vendas da loja. Uma vez aprovada a operação, todo risco de crédito ou fraude passa a ser de responsabilidade da fintech. 

“O fato de a experiência Koin proporcionar valor a qualquer pessoa, por uma ou outra necessidade, como insegurança de fornecer dados bancários na internet, falta de limite de cartão de crédito ou fato de não querer comprometê-lo, traz ao lojista uma ampla gama de novos consumidores potenciais, hoje não atendidos pelos principais meios de pagamentos, estruturados nos modelos atuais de crédito”, explica Gabriel.

Desde seu lançamento, a Koin já realizou mais de 500 mil transações. Atualmente, a empresa conta com uma base de 250 mil compradores e mais de um milhão de usuários. Mais de 100 lojas virtuais disponibilizam a opção de pagamento Koin para seus clientes, entre elas C&A, Melissa, Grendene, Fator 5, Multilaser e Viscaya.  A solução Koin também está presente nas principais plataformas de e-commerce do país, como BizCommerce, Blue Foot, InfraCommerce, Loja Integrada, Signativa Design e Tecnologia, VTex e iSET.