*Por Pablo Junco

Ao longo do ano passado, tivemos o prazer de trabalhar com vários clientes em suas iniciativas de negócios relacionadas à tecnologia de blockchain. Nesse período, pudemos ajudá-los a visualizar cenários empresariais, escolher os protocolos de blockchain adequados e os registros distribuídos e, o mais importante, desenvolver os pilotos focados na validação dos recursos tecnológicas para oferecer valor real às suas organizações.

Quando usar o blockchain?

Do ponto de vista técnico, poderíamos aplicar blockchain a muitos cenários. No entanto, nem todas as situações exigem blockchain, mas existem alguns cenários em que ele cria valor significativo em comparação com tecnologias alternativas. Normalmente, são processos de negócios compartilhados, com a organização em diferentes setores, como serviços financeiros, manufatura ou varejo.

A recomendação para reconhecer cenários de blockchain é certificar-se de usar seus recursos principais. Você deve responder positivamente a quatro questões-chave (veja abaixo), e deve haver um caso de negócios real com resultados mensuráveis. Se não for esse o caso, considere usar outras tecnologias mais maduras.

Recursos do blockchain

O blockchain é uma das principais tecnologias emergentes que revolucionam os modelos de negócios atuais. Fundamentalmente, o blockchain permite que os participantes troquem valores sem a necessidade de intermediários.

Mas o que é blockchain exatamente? E quais recursos o tornam tão atraente para as empresas? O blockchain é uma tendência de tecnologia disruptiva que permite um registro compartilhado, autêntico e descentralizado:

  • SEGURO: O blockchain usa criptografia forte para criar transações impermeáveis à fraude e estabelece uma verdade compartilhada. Além disso, todas as transações são assinadas com o certificado digital.
  • COMPARTILHADO: Os benefícios reais do blockchain, em relação à tecnologia convencional, são alcançados quando o usamos para vincular organizações com o fim de compartilhar informações em um livro contábil distribuído.
  • DISTRIBUÍDO: Um blockchain pode ser distribuído em várias organizações e torna-se mais seguro à medida que as réplicas são adicionadas.
  • LIVRO REGISTRO: Todas as transações são escritas no Livro Registro uma vez e não podem ser alteradas depois.

Perguntas a responder antes de desenvolver uma solução de blockchain

Responder às seguintes quatro perguntas pode determinar se o blockchain é apropriado para o cenário de negócios identificado.

  • As múltiplas partes compartilham dados?
  • As múltiplas partes atualizam os dados?
  • Existe um requisito para a verificação?
  • Os intermediários podem ser eliminados para reduzir custos e complexidade?

Se respondeu sim a todas essas perguntas, então você tem um cenário potencial para aplicar o blockchain.

Blockchain público versus blockchain empresarial

Um blockchain público (Bitcoin ou Ethereum) é um protocolo  de internet que gerencia a distribuição de dados únicos potenciais com as seguintes características:

  • Muitos participantes, anônimos ou pseudônimos.
  • Leitura e escrita aberta a todos os participantes.
  • Consenso por prova de trabalho.

Muitas vezes, as organizações falham com o blockchain porque tentam usar redes publicas, ou suas regras, para as soluções corporativas. Em vez disso, a organização deve considerar o uso do Blockchain Empresarial.

O que queremos dizer com isso? Um blockchain empresarial (ou seja, Hyperlegder, Ethereum Enterprise, Ripple, Quorum etc.) é um livro gerencial distribuído com as seguintes características:

  • Todos os participantes, e suas identidades digitais, são conhecidos de uma ou várias organizações confiáveis.
  • As permissões para escrever e ler são baseadas em funções e, geralmente, requerem o consenso de vários participantes.
  • Múltiplos algoritmos são usados ​​para o consenso.

Temos dois tipos de blockchain empresarial:

  • Privado: Geralmente gerenciado por uma única organização. Normalmente, os participantes da rede são unidades de negócio ou divisões internas.
  • Consórcio: Neste caso, a rede blockchain é gerenciada por várias organizações confiáveis. Novos participantes precisam do consenso de vários participantes.

Setores que usam blockchain

O impacto potencial do blockchain é significativo em todos os setores e indústrias – dos bancos a governos e cuidados de saúde e muitos mais:

  • Elimina os intermediários aumentando a eficiência e a velocidade.
  • Simplifica as operações reduzindo os custos e o tempo relacionados às reconciliações e disputas.
  • Potencialmente permite que novos modelos de negócios aumentem as receitas e as economias.

De acordo com os principais analistas de mercado e empresas de consultoria líderes, os cinco principais setores em que o blockchain provavelmente irromperá em 2020 são serviços financeiros, governo, imóveis, gerenciamento de cadeia de suprimentos e distribuição de mídia.

Analisando nossos dados históricos, vemos que cerca de 80% dos clientes que usam o blockchain no Microsoft Azure também são instituições de serviços financeiros, incluindo companhias de seguros.

No entanto, como você pode ver na figura a seguir, a tendência está mudando se considerarmos apenas o engajamento e o pipeline existentes.

Por outro lado, verificando as soluções relacionadas aos mercados bancário e de capitais, descobrimos que 60% das implementações de blockchain envolveram pelo menos um participante de uma segunda indústria, como manufatura, governo ou varejo.

Padrões comerciais comuns

Nos últimos 12 meses terminados em novembro, conseguimos contar 76 cenários em sete indústrias. A boa notícia é que, com base em nossas interações com clientes e parceiros, também conseguimos condensá-los nos seguintes oito padrões comerciais.

Ao explorar padrões de negócios, nossos clientes agora podem aprender como o blockchain pode promover a simplificação operacional, reduzir o papel dos intermediários e potencializar novos modelos de negócios. Para cada padrão, fornecemos uma visão geral de nossas necessidades e desafios comuns, os benefícios potenciais da aplicação de blockchain, marcos chave a curto prazo para aplicativos iniciais de blockchain e um diagrama de sequência de casos de uso. Usar esta abordagem está nos ajudando a definir arquiteturas de referência e a desenvolver IP para reduzir o tempo de colocação no mercado das soluções de blockchain.

Como exemplo ilustrado, compartilho abaixo aplicativos de blockchain atuais e algumas referências públicas:

Modelo de engajamento recomendado

Com base em nossos compromissos anteriores, nossa experiência na entrega de projetos inovadores e usando nossa abordagem ágil, estamos prontos para ajudar os clientes a entender o impacto potencial da tecnologia blockchain em seus setores, bem como determinar se é capaz de oferecer eficiência econômica e vantagem competitiva para eles.

O Microsoft Services oferece opções para ajudar nossos clientes a compreender melhor o blockchain, explorar o potencial desta tecnologia por meio de cenários de negócios e implementar um Produto Viável Mínimo (MVP) baseado no Microsoft Azure.

Protocolos suportados

Para terminar, compartilhamos nossas respostas às perguntas mais frequentes dos nossos clientes. A Microsoft possui seu próprio Livro Registro de blockchain? A resposta é NÃO.

A Microsoft vem trabalhando em blockchain desde novembro de 2015, quando foi o primeiro grande fornecedor de nuvem a anunciar um Blockchain como Serviço (BaaS). Queremos ser o líder mundial da plataforma de nuvem que alimenta os aplicativos baseados em blockchain.

A Microsoft está trabalhando com clientes, parceiros e a comunidade de desenvolvedores para acelerar a capacitação empresarial em blockchain. Nossa missão é ajudar as empresas a prosperar nesta nova era de colaboração segura entre múltiplos participantes, fornecendo plataformas e serviços abertos e escaláveis que qualquer companhia possa usar para melhorar os processos de negócios compartilhados. Nosso roteiro baseia-se nos seguintes princípios:

  • Blockchain nos seus termos: Nenhuma abordagem de tamanho único – a plataforma da Microsoft e os parceiros do ecossistema facilitam começar e replicar rapidamente o blockchain de sua escolha, tanto em máquinas locais quanto na nuvem.
  • Integrado com o seu negócio: Combine o blockchain com os ativos de TI que você já possui. O Azure permite que você integre blockchain com os serviços de nuvem que sua organização usa para alimentar processos compartilhados.
  • Pronto para a empresa: com o Coco FrameworkCryptlets e nossas integrações de serviços Azure, a Microsoft aborda as lacunas de tecnologia existentes com o blockchain e ajuda as organizações a criar aplicativos ​​de nível empresarial duradouros.

Nossa participação ativa nos consórcios do setor, como R3Enterprise Ethereum AllianceIC3, também nos ajuda a entender os principais cenários e a continuar aprendendo a atender às necessidades de nossos clientes.

Atualmente, a Microsoft dá suporte ao blockchain e aos protocolos de Livro Registro distribuído mais largamente utilizados no Azure, incluindo HyperLedger Fabric, R3 Corda, Quorum, Chain Core e BlockApps.

Para obter mais informações, entre em contato com o representante da Microsoft Services e peça a BLOCKCHAIN ​​ESSENTIALS Offer. Você também pode visitar o site www.microsoft.com/services.

*Pablo Junco é gerente sênior de soluções de negócios da Microsoft Services.