Pelo nono ano consecutivo, a PepsiCo Latam é uma das empresas organizadoras do Eco-Desafio, que visa a estimular jovens empreendedores a desenvolverem ideias para enfrentar os problemas sociais e ambientais. O programa, organizado pela empresa em parceria com o Young Americas Business Trust (YABT) e a Organização dos Estados Americanos, se divide nas categorias Nutrição, Meio Ambiente e Mulheres, e vai premiar projetos inovadores de jovens da América Latina e Caribe com um investimento de US$ 5 mil. Além disso, os participantes terão a chance de participar de treinamentos gratuitos online, e também de receber mentoring e aconselhamento de empresários e outros especialistas de todo o continente americano.

Os projetos ganhadores serão anunciados no dia 12 de abril, de 2018, durante as Finais do programa Eco-Desafio, o que faz parte do processo da Cúpula das Américas, evento que vai reunir 34 chefes de estado de países da América Latina e Caribe em Lima, no Peru. Cristiane Lopes, gerente de Cidadania Corporativa da PepsiCo no Brasil, fala sobre a relação entre a premiação e os valores da companhia. “O Eco Desafio apoia jovens empreendedores para desenvolver soluções que respondam aos seus contextos locais e regionais, e que possam ser transformadas em negócios sustentáveis. É uma iniciativa que está diretamente relacionada à visão de Performance com Propósito da PepsiCo, que visa à transformação do mundo em que vivemos com foco nos pilares de Planeta, Pessoas e Produtos”.

O TIC Américas funciona como uma plataforma de apoio e aceleração para jovens empreendedores, proporcionando orientação aos participantes do projeto, além de acesso a uma rede de cooperação internacional por meio da iniciativa. “Estamos em busca de jovens com perfil empreendedor, de 18 a 34 anos, que desejam promover o desenvolvimento sustentável em suas regiões. Desde 2009 contamos com o apoio da PepsiCo Latam nesta busca e, neste ano mais do que nunca, queremos engajar os brasileiros que sonham em contribuir com um mundo mais sustentável para participarem do projeto conosco”, diz Rafael Pinto, Gerente do Programa Eco-Desafio.

Ele conta que os autores dos projetos selecionados para as finais passarão por capacitações e mentoring, e receberão feedback da banca avaliadora, formada por especialistas nas áreas de negócios, empreendedorismo e inovação. A viagem para Lima, para a entrega dos prêmios durante as finais do programa, será custeada pela organização do Eco Desafio. “Além da experiência e do próprio investimento, com o anúncio da premiação em um evento internacional como esse, os vencedores ganharão alcance, novos contatos, e visibilidade para seus projetos”, conclui Rafael.

Os interessados em participar do Eco Desafio têm até o dia 10 de janeiro de 2018 para se inscrever no site da iniciativa.