* Por Exame.com

A startup estrangeira Confido tem gerado muita dor de cabeça para quem decidiu apostar no seu negócio. A empresa simplesmente sumiu da internet após levantar 375 mil de dólares em investimento (equivalente a 1,2 milhão de reais, na cotação atual).

Anunciada como um sistema de pagamentos baseado em blockchain, a empresa fez no início de novembro uma captação de recursos em que os investidores receberam criptomoedas em troca de aporte financeiro. O negócio conseguiu levantar 375 mil de dólares e chegou a ser avaliado em 10 milhões de dólares.

No entanto, na semana passada a empresa deletou sua conta no Twitter e desativou seu site. Em um post na rede social Reddit, o fundador da Confido, Joost van Doorn, escreveu que a startup passa por um momento difícil e não sabe se conseguirá se recuperar.

“Neste momento, estamos em um ponto apertado, pois estamos tendo problemas legais causados ​​por um contrato que assinamos”, diz a mensagem. “É provável que encontremos uma solução para corrigir a situação. No entanto, não podemos assegurar com 100% de certeza que conseguiremos”, conclui o texto, de acordo com o site Motherboard (a versão original não está mais disponível na internet).

Segundo o Mashable, a equipe da Confido não era conhecida no meio das criptomoedas. “O projeto não tinha mentores e não era revisado por especialistas”, diz o site.

O sumiço da empresa deixou os investidores perplexos. “Fui enganado”, escreveu um deles num fórum sobre o tema. Outro comentou que perdeu 90 mil dólares com o sumiço da empresa.

O desaparecimento da startup reforça a suspeita de que se trata de um golpe. E serve de alerta para quem tem intenção de investir dessa forma. É sempre importante pesquisar sobre o negócio antes de colocar a mão no bolso.

* Por Mariana Desidério, para Exame.com