Facilitar o dia a dia dos pequenos empresários é uma das missões da ContaAzul. Outro importante compromisso é ajudar o crescimento e o sucesso das pequenas empresas, como uma verdadeira plataforma de apoio ao empreendedorismo.

Pensando na união dessas duas virtudes a ContaAzul, líder nacional em sistemas de gestão online para pequenas empresas que permite o dono do negócio e sua contabilidade trabalharem juntos, acaba de anunciar a integração de seu sistema de gestão com as vendas de pequenos lojistas na plataforma de comércio eletrônico, Mercado Livre.

Com a nova ferramenta será possível realizar de forma precisa o gerenciamento de estoques, para controlar os produtos que são enviados aos clientes em localidades de todo o País. Além disso, a integração permitirá o controle dos recebíveis, funcionalidade que já era amplamente utilizada no ContaAzul e agora passa a ser automatizada para as vendas online das pequenas empresas.

Um terceiro benefício também estará disponível após uma nova adaptação do sistema. A emissão de notas fiscais será integrada ao sistema, porque além dos padrões de Nota Fiscal eletrônica (NF-e) e Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e), o sistema também passa a atender as obrigações fiscais em formatos como a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e), utilizada por pequenas empresas em mais de 20 estados do País.

“A conciliação financeira e fiscal com o ContaAzul  já era possível para os pequenos negócios de vários setores da economia. Agora com essa novidade vamos conseguir ajudar também os empresários que vendem online. Eles terão acesso instantâneo aos dados das vendas e poderão analisá-los lado a lado com seu contador, para planejar os investimentos, checar os gastos e organizar as receitas e, assim, desenhar um plano estratégico decrescimento da pequena loja ou e-commerce”, afirma Vinicius Roveda, CEO da ContaAzul.

A novidade vai atender milhares de clientes do sistema ContaAzul que vendem seus produtos na plataforma de e-commerce, que atualmente é o maior marketplace do Brasil, com mais de 140 milhões de visitas por mês, segundo levantamento da consultoria ComScore.

“Quando mapeamos o setor de atividade de nossos clientes e verificamos quantos deles são pequenos varejistas que utilizam nosso sistema, é possível identificar o enorme número de empreendedores que serão beneficiados com a automatização dos dados”, finaliza Vinicius Roveda.