A startup holandesa de mensagens MessageBird levantou US$60 milhões em uma primeira rodada de financiamento, o maior investimento em capital de risco em uma empresa europeia de software. A rodada foi liderada pela Accel Partners, do Vale do Silício, e a Atomico, empresa europeia de risco, juntamente com o Y-Combinator, investidor de fase inicial.

A MessageBird auxilia 15 mil organizações a enviar mensagens ou se comunicar com os clientes através de bate-papo, áudio ou vídeo. Os clientes variam de empresas como Uber, SAP e Heineken, a governos e organizações semi-públicas que a usam para mensagens de emergência e notificações de consultas médicas.

A empresa de Amsterdã concorre no mercado de mensagens em rápido crescimento com mais de uma dúzia de empresas, incluindo Twilio, Blackberry, Nexmo e Urban Airship.

O aporte de grande volume incomum para uma primeira rodada se deve ao fato de a empresa não ter tido quase investimento externo desde que foi fundada em 2011, o que a forçou a ser lucrativa desde o início. A MessageBird espera gerar receita de US$100 milhões em 2017.

“Estamos crescendo cerca de 100 por cento por ano há alguns anos”, disse Robert Vis, fundador e presidente-executivo, em uma entrevista.

Fonte: Reuters