A Saint-Gobain, referência em construção sustentável e materiais industriais, e considerada umas das 100 empresas mais inovadoras do mundo, lançou o Ultra Challenge, uma versão atualizada e inédita de um Hackathon.

Com foco no desenvolvimento de soluções que utilizem a tecnologia IoT (Internet das Coisas), todo o processo da maratona terá duração de três meses e será totalmente ambientada nas plataformas digitais. As inscrições acontecem pelo site da empresa até o dia 20 de outubro, esta sexta-feira, e estão abertas a estudantes e profissionais das áreas de tecnologia e inovação ligados tanto a startups como a empresas.

Os competidores terão o desafio de trazer inovações que impactem positivamente na relação dos clientes da Saint-Gobain e suas experiências com a construção civil ou industrial. Eles podem optar pelo desenvolvimento de novas soluções ou de ferramentas que integrem inteligência ao MC 350. Trata-se de um dispositivo IoT, produzido de forma inédita e exclusiva pela própria Saint-Gobain, cujo mecanismo tecnológico permite a coleta de dados relacionados ao conforto dos ambientes, por meio de atributos como qualidade acústica e do ar, temperatura e luminosidade.

Queremos levar novas e verdadeiras experiências que integrem as pessoas aos ambientes em que convivem”, explica Fabiano Sant’Ana, Chief Digital Officer (CDO) da Saint-Gobain para a Delegação Brasil, Argentina e Chile. “Nossa expectativa é que o Ultra Challenge seja mais um meio para darmos sequência à transformação cultural da Saint-Gobain e continuar a fomentar a inovação no país”, completa o executivo.

Das inscrições à premiação

O processo conta com 50 vagas destinadas tanto a inscrições individuais como em grupos ligados a empresas ou startups. Nos dias 26 e 27 de outubro, os selecionados participarão de um workshop sobre Internet das Coisas e como utilizá-la para trazer novas soluções que impactem positivamente a vida do consumidor. Por isso, eles receberão mentorias com foco na experiência do cliente.

Em 25 de novembro, ocorrerá o pré-pitch, quando os competidores farão uma “pré-venda” de seus projetos aos jurados. As datas das apresentações e das defesas finais ainda serão definidas. Os premiados serão conhecidos no início de dezembro. Para a escolha dos vencedores, critérios como inovação, aderência ao tema proposto pelo UltraChallenge, viabilidade técnica e de implementação serão considerados pela banca de jurados.

Prêmios

O primeiro colocado será contemplado com uma viagem a Paris, onde terá a oportunidade de participar do Hackathon internacional do Grupo Saint-Gobain, no dia 22 de dezembro. Na ocasião, ele disputará com os contemplados dos hackathons da França e da Russia e terá a chance de fazer um pitch para o CEO global da marca e receber premiação de incentivo ao projeto.

O segundo lugar também terá fomento da Saint-Gobain, com orçamento acordado previamente. Já o terceiro melhor receberá bolsa para realizar um curso na Faculdade de Informática e Administração Paulista (FIAP).