* Por Agência Reuters

A Tujia.com, maior empresa de aluguel de imóveis a curto prazo da China, disse nesta terça-feira que levantou US$300 milhões de investidores, avaliando-a em mais de US$1,5 bilhão, conforme procura aproveitar a crescente demanda de turistas chineses por viagens independentes.

A rodada de investimentos foi liderada pela agência de viagens chinesa Ctrip.com International e o All-Stars Investment. Também participaram o New Economy Fund, da China Renaissance, o Glade Brook Capital e o G Street Capital.

O principal rival da Tujia na China é o Airbnb, que está fortalecendo sua presença e quer atrair os jovens do país. O Airbnb foi avaliado em US$30 bilhões no ano passado.

O fundador da Tujia, Luo Jun, disse em comunicado que os fundos serão usados para ajudar a melhorar e padronizar as acomodações da empresa e que vai “investir ainda mais no mercado imobiliário local de alto padrão e em mercados do exterior”.

* Por Adam Jourdan, para a Reuters.