Essa semana o Startupi está acompanhando o RD Summit, o maior evento de Marketing Digital e Vendas da América Latina, que acontece em Florianópolis, consolidada no cenário mundial como um Polo Tecnológico, o terceiro maior do Brasil. O evento, realizado pela Resultados Digitais, é uma verdadeira imersão em conteúdos sobre marketing digital, networking, insights de negócio e entretenimento.

Conversamos com Maíra Gracini, Diretora de Marketing da Zendesk para América Latina. Ela sempre desejou trabalhar com Marketing e conta com mais de 10 anos de experiência na área e também em Comunicação e Vendas com passagem por empresas como Dassault Systèmes, Atos, Claro, Ericsson, mas sua verdadeira paixão é o SaaS.

Na Zendesk, sua missão é levar a companhia para outro nível, trabalhando no reposicionamento da empresa, que é adorada pelas startups, mas que também é capaz de atender grandes clientes. “Atendemos desde empresas com um único funcionário até empresas com mais de cem mil funcionários. Aqui no Brasil temos como exemplo a Loggi e Cacau Show. Meu trabalho é continuar o compromisso com as startups, mas mostrar para as grandes empresas que nós também podemos ajudá-las”, destaca.

Maíra Gracini – Diretora de Marketing América Latina – Zendesk

A Zendesk é uma plataforma de atendimento ao cliente e o começo da empresa foi em um loft em Copenhague entre três amigos que usavam uma porta velha de cozinha como mesa. Eles queriam trazer o espírito zen para o mundo caótico do atendimento ao cliente. Fundada em 2007, hoje a empresa conta com mais de 1800 funcionários e escritório no Vale do Silício e outros países incluindo o Brasil.

E desde 2007, ocorreram muitas mudanças no mercado, Maíra destaca que o acesso a tecnologia tem dado as empresas uma nova forma de reinventar seus negócios. Para comprar uma passagem aérea antes por exemplo, era preciso ir até o balcão da companhia e hoje é possível fazer isso e muito mais através de um app.

“A tecnologia está trabalhando a vida das pessoas e possibilitando as startups serem empresas revolucionárias e que escalem com mais velocidade. No caso das startups, percebemos que precisamos de simplicidade, soluções que possam revolucionar a experiência do cliente e que sejam fáceis de usar, a tecnologia veio para facilitar a vida e trazer mais inteligência para as experiências”.

A Zendesk nasceu atendendo empresas disruptivas como Uber, Slack e outras do Vale do Silício, o que fez com que a companhia acompanhasse esse movimento de transformação. Segundo Maíra, é preciso entender que além do produto ou serviço oferecido pela empresa, é importante pensar na experiência que você está passando para o seu cliente, e a Zendesk aprendeu muito isso com seus clientes.

Para acompanhar a transformação, Maíra conta que a Zendesk procura entender a jornada de cada cliente, para capacitar as empresas para empoderar seus clientes. “Cada vez mais as linhas de negócios estão se complementando, as empresas não podem pensar em soluções separadamente para vendas, marketing, mas sim, em ter o melhor atendimento para seu cliente, é isso que a Zendesk tem em mente”.

Clientes

Hoje a Zendesk conta com mais de 5 mil clientes no Brasil e 10 mil na América Latina. Eles estão apostando fortemente no mercado brasileiro, que apresenta um crescimento de 40% no número de clientes ano a ano. Nomes como 99, Buscapé, TOTVS, Hotel Urbano e a própria Resultados Digitais fazem parte do portfólio da empresa.

Maíra também destaca que existe um número muito grande de startups que utilizam os serviços da companhia e para manter seu compromisso de ajudar o ecossistema, a companhia criou o programa Zendesk Loves Startups, que oferece um ano grátis dos produtos Zendesk para startups, o que possibilita que empresas cresçam rapidamente e estabeleçam relacionamentos de qualidade com usuários levando em consideração o feedback construtivo. Ferramentas como gerenciamento de tickets por email, Central de Ajuda, SDK para dispositivos móveis e chat são fáceis de configurar e alimentar com dados de outras fontes. Para qualificação das startups é necessário serem novas na Zendesk e terem menos de US$1 milhão em financiamento.

Continue ligado no Startupi e fique por dentro de mais novidades do RD Summit.