* Por Pedro Clivati

A arte ou a técnica de ter conteúdos ranqueados nas primeiras posições de um mecanismo de busca (seja ele Google, Bing, Yahoo e outros) está em constante mudança e desenvolvimento. A forma como consumimos conteúdo muda (desktop, mobile, watches, wearables), o formato dos conteúdos muda (texto, imagens, vídeos, podcasts), a quantidade de conteúdo muda (mais players, mais conteúdo, mais formatos) e, como consequência, visando melhorar a experiência do usuário, os algoritmos de busca também precisam mudar: panda, penguin, beija-flor, pombos são apenas alguns dos últimos updates.

Já houve épocas em que bastava repetir a palavra-chave o máximo possível, sem necessidade do texto fazer sentido e pronto.
Já houve épocas em que bastava publicar mais e mais conteúdos, a maior quantidade possível, sem necessidade de qualidade e pronto.

Mas… e agora? Se as técnicas de SEO podem ser resumidas à conteúdo ou ainda se até o marketing pode ser resumido à conteúdo. Qual o futuro do conteúdo (e do marketing e do SEO)?

Novo modelo de: Conglomerados de tópicos

Segundo este estudo da Hubspot, SEO agora está migrando para um modelo de conglomerados de tópicos, onde uma única “página pilar” funciona como um eixo centralizador de outros conteúdos a respeito do mesmo tópico (normalmente mais abrangente) que se linkam entre si e direcionam para a página pilar, gerando mais e mais relevância para a mesma.

Para gestores de conteúdo e SEO que, há algum tempo se dedicam a organizar melhor o sitemap e deixar a navegabilidade (e também a leitura dos crawlers) ainda mais natural, este modelo pode não apresentar uma mudança tão grande.

Porém, a grande mudança está na forma como usuários fazem buscas e como esperamos que o mecanismo de busca nos entenda.

Supomos que um viajante queira sair para jantar durante suas férias em um lugar desconhecido. Antigamente, a busca seria algo no formato “restaurantes na vila madalena – SP” enquanto, atualmente, a busca seria algo no formato “aonde eu deveria sair para jantar?

Percebe a mudança no comportamento do buscador? É exatamente à esta mudança que os algoritmos busca se adaptar e que, consequentemente, nós gestores de marketing, de SEO e de conteúdo (tudo a mesma coisa?) também precisamos!

Como posso criar um Conglomerado de Tópicos?

Utilizando este mesmo portal que você está visitando, podemos escolher como uma página pilar que irá tratar de um assunto específico, neste caso: “STARTUP”. A partir daí, começamos a pensar em termos de tópicos e não apenas de palavras-chaves. Seguindo a keyword escolhida acima, temos os seguintes tópicos:

  • Investimento
  • Aceleradoras e Incubadoras
  • Growth Hacking
  • Marketing de Conteúdo
  • Inbound Marketing
  • Desenvolvimento
  • MVP – Minimum Viable Product
  • Product Market Fit
  • Escalabilidade
  • Modelo de Negócios
  • Marketplace
  • SaaS

É importante que a página pilar precisa necessariamente cobrir abertamente todos os tópicos listados acima, enquanto as demais páginas (conglomerados de tópicos) tratam dos assuntos de forma mais específica e aprofundada. Assim, os links direcionando para a página central fazem sentido perante o leitor e perante os mecanismos de busca (diminuindo bounce-rate).

Uma vez que você tenha definido uma página pilar que cubra todos os tópicos levantados, é hora de se certificar que todo conglomerado de páginas possua um link para a página pilar e que a página pilar também direcione para o conglomerado.

Um check list para se certificar que a sua estratégia está de acordo com a tecnica de Conglomerado de tópicos é:

  • URL da página-pilar
  • Conglomerado de tópicos
  • Palavra-chave que está sendo ranqueada;
  • Estão linkadas com a página-pilar?
  • Página-pilar está linkada com o conglomerado?

Como o mestre Seth Godin já disse há anos atrás “Conteúdo é tudo o que restou do marketing” e, agora, já que SEO também é 100% dependente de conteúdo, podemos validar a frase de Gary Vaynerchuk “Se você não está publicando conteúdo relevante em lugares relevantes, você não existe”.

Conteúdo inspirado pela pesquisa original realizada pela Hubspot – confira aqui o post completo


Pedro ClivatiPedro Clivati é cofundador e responsável pela expansão global da Contentools. Como evangelista de Marketing de Conteúdo, Pedro participou de conferências em toda America Latina, prestando consultoria a medias e grandes empresas sobre Marketing de Conteúdo, Inside Sales e Inbound Marketing.