Contagem regressiva para a segunda edição em Minas Gerais da Campus Party, um dos maiores eventos de tecnologia e inovação do mundo, que ocorre entre os dias 1 e 5 de novembro, no Expominas. Além de Nolan Bushnell, fundador da Atari, já foram confirmadas as presenças de Caito Maia, fundador da Chilli Beans, Luiz Gabriel Tiago, o Senhor Gentileza, David Gershik, ex-produtor do jogo GTA fundador e presidente da 1080partners, uma empresa líder em representação de vendas e desenvolvimento de negócios, e Steve Gershik, CEO da Koyne Marketing, agência de marketing de clientes para empresas B2B.

Além de ciência, novas tecnologia e entretenimento, empreendedorismo é um dos grandes temas da CPMG2. “Em Minas, os empreendedores terão a oportunidade de participar de diversas palestras sobre como fazer networking, conhecer potenciais investidores, além de ouvir muita gente interessante e gabaritada que pode ajudar os campuseiros a transformar aquela ideia em um grande negócio”, explica Tonico Novaes, diretor-geral da Campus Party Brasil.

O exemplo da CuboZ

Uma das companhias que estará na edição mineira da CPMG2 contando sua trajetória e dando dicas valiosas para futuros empreendedores é a CuboZ. Em operação desde novembro de 2015, a startup oferece um sistema para que professores e alunos compartilhem vídeos e textos em aulas interativas. Por meio da plataforma, escolas e empresas podem criar suas próprias redes sociais para oferecer conteúdo e trocar informações.

Diferentemente dos sites de E-learning, que fornecem cursos prontos para reprodução, a Cuboz tem como principal diferencial o aprendizado descentralizado, colaborativo e auto-organizado. O serviço básico é gratuito, mas há serviços adicionais disponíveis para contratação como relatórios e análises de dados para clientes que precisam acompanhar de perto o comportamento de suas redes. É possível, por exemplo, saber quanto tempo cada aluno passou no sistema, o tempo gasto vendo vídeos ou quantos minutos de um vídeo foi assistido, entre outros dados.

A ideia da startup, segundo a sócia fundadora Paola Cicarelli, surgiu há 5 anos numa Campus Party em São Paulo, onde ela assistiu uma palestra do indiano Sugata Mitra, então professor de tecnologia educacional na Universidade de Newcastle, na Inglaterra. Atualmente, mais de 300 faculdades já criaram redes na CuboZ, que conta com mais de 13 mil usuários. A startup integra a Circular Board, uma aceleradora virtual destinada a mulheres empreendedoras, e também faz parte do Seed, programa de aceleração do governo de Minas Gerais.