Cinco startups brasileiras começaram neste mês uma programação intensiva de três semanas de treinamentos, workshops, visitas técnicas e encontros com investidores nas cidades de Vancouver e Montreal, no Canadá. A seleção para a edição do LEAP International 2017 foi realizada pela aceleradora Launch Academy, em parceria com a international venture builder brasileira-canadense Dream2B, e é o único programa de aceleração feito exclusivamente para empresas brasileiras no Canadá.

Durante essa semana, acontecerá uma das etapas da aceleração, que é a participação das empresas no Vancouver Startup Week, evento com diversos empresários, desenvolvedores, investidores e líderes comunitários para celebrar um dos polos tecnológicos mais importantes do mundo. As startups com operação no Brasil estão com a data de apresentação agendada para o dia 27 de setembro, no consulado brasileiro do Canadá.

As startups que participarão do evento são: Topic Play, Safetest, Eruga, Litelims e a Pronto Rush. A iniciativa da Pronto Rush é conectar negócios locais a motoristas para entregas imediatas e sob demanda, gerando maior autonomia e renda aos entregadores, ao mesmo tempo que os estabelecimentos passam a economizar com frotas fixas.

“O Canadá tem uma atmosfera muito propícia à colaboração e inovação. O aprendizado e o relacionamento com empreendedores, investidores e todo o ecossistema de startups que estamos vivenciando aqui é de extrema importância para continuar impulsionando o crescimento da Pronto Rush e, consequentemente, entregando uma melhor qualidade de serviços de entrega sob-demanda de última milha no Brasil”, conta Felipe ‘Phil’ Neuwald, founder e CEO da Pronto Rush.

Outro ponto importante da aceleração está na última semana, que levará as startups de Vancouver a Montreal para um evento com mais de 500 investidores que acompanharão as novidades do mercado e estarão em contato direto com as empresas presentes.

Segundo Regina Noppe, cofundadora e CEO da Dream2B, a quantidade de empreendedores que procuram a sua consultoria em busca de programas de aceleração de seus negócios registrou grande aumento. “Após sinalizações de mudanças no processo de imigração de profissionais altamente especializados e empreendedores dos Estados Unidos, o Canadá tem se mostrado uma alternativa viável e de extrema importância para o desenvolvimento de tecnologia e inovação na América do Norte”, conclui.

Vancouver acaba de ser eleita a melhor cidade do mundo para começar uma startup, de acordo com o StartUp City Index, ranking da consultoria inglesa PeoplePerHour. Entre os fatores determinantes da escolha, a alta qualidade de vida, a disponibilidade de espaços empresariais e a facilidade para fazer um novo negócio decolar.