* Por Reuters

A Amazon e a Microsoft criaram uma parceria que permitirá que suas assistentes virtuais controladas por voz conversem uma com a outra até final deste ano.

Os usuários do Alexa da Amazon poderão pedir à Cortana da Microsoft que faça uma série de atividades – desde a reserva de uma reunião até o e-mail do trabalho de leitura. E os usuários da Cortana poderão ligar para o Alexa para tocar música, pedir um Uber ou ligar as luzes da sua casa.

Os usuários poderão recorrer ao seu dispositivo Echo e dizer: “Alexa, abra a Cortana” ou volte para o dispositivo do Windows 10 e diga: “Cortana, abra a Alexa”, disseram as empresas em um comunicado.

A parceria marca a primeira vez que duas empresas de tecnologia abriram seus assessores virtuais de inteligência artificial.

Alexa, Cortana e outros assistentes virtuais, como o Google Assistant, da Alphabet e Siri, da Apple, são conhecidos por usar dados de seus próprios bancos e não conversar entre si.

Enquanto a força da Cortana reside em fazer as coisas no trabalho, a Alexa ajuda os usuários a controlar suas casas inteligentes e comprar no varejista online.

“Juntos, seus pontos fortes se complementarão e oferecerão aos clientes uma experiência mais rica e ainda mais útil”, afirmou o presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezos, em um comunicado na quarta-feira.

* Por Supantha Mukherjee, da Reuters