Com mais de 200 mil usuários conquistados organicamente desde o seu lançamento, em junho de 2016, o Poppin, aplicativo de relacionamento que conecta pessoas que vão estar nos mesmos eventos, acaba de receber um aporte de R$1 milhão, realizado por um pool de investidores. O montante será investido na expansão e consolidação do app no mercado nacional e no desenvolvimento de tecnologia/produto.

Diferente de outras plataformas de relacionamento que utilizam o sistema de geolocalização para mostrar perfis aleatórios nas proximidades, o Poppin é o primeiro no mercado que usa eventos para aproximar pessoas que já tem data de encontro marcada. Ao se cadastrar no aplicativo, o usuário interage só com quem confirmou presença nos mesmos eventos em que ele pretende ir.  Desta maneira, o app consegue levar os matches do mundo virtual para o real, gerando 90 vezes mais encontros do que as outras ferramentas concorrentes.

O Poppin atuará fortemente em todas as regiões do Brasil, crescendo tanto em número de usuários quanto na oferta de eventos. “Acreditamos muito no potencial do nosso aplicativo, justamente porque trazemos a melhor forma de transformar matches em encontros reais dentro de um mercado muito valioso – o de Dating Online – que já movimenta mais de U$S4 bilhões por ano, segundo dados do Ibis World”, comenta Guilherme Ebisui, cofundador e CEO do Poppin.

Presente em diversas cidades do Brasil, o Poppin permite que as pessoas se encontrem nos mais diversos tipos de festas, festivais, baladas, shows e eventos culturais. Para isso, o app já conta com mais de 2 mil parcerias com agências do segmento, produtoras e entidades universitárias responsáveis pela realização de festas em todo o Brasil. “Além de conhecer novas pessoas sem precisar marcar encontros individuais, somos uma plataforma que mostra aos usuários as principais opções de diversão e entretenimento nas proximidades”, explica Filipe Santos, cofundador e CMO.

De acordo com os fundadores, o Poppin gera matches mais qualificados e encontros mais naturais e agradáveis, já que é muito melhor, e mais seguro, conhecer alguém em um evento do que em um encontro tradicional. Os usuários do aplicativo são, em sua maioria, jovens e adultos, com idade entre 18 e 35 anos, solteiros e com vida social ativa, que frequentam festas ou ao menos gostam de estar por dentro do que está acontecendo em suas cidades.

Paralelamente ao trabalho de expansão nacional, o Poppin já está se estruturando para dar início ao processo de internacionalização do app. Parte da equipe está no Vale do Silício para realizar pesquisas de validação do modelo dentro do cenário americano. O objetivo é iniciar a expansão em países relevantes no mercado de dating online e de eventos e festas.