A partir de agora, pequenos e médios empreendedores do e-commerce brasileiro terão uma nova alternativa para obtenção de crédito, especialmente desenvolvida para atender o setor e totalmente digital. Está chegando ao mercado nacional a Gyra+, fintech que oferece um processo de análise 100% online e aprovação em até 24 horas de crédito para e-commerces, além de taxas mais baixas do que as oferecidas pelos bancos tradicionais, cartão de crédito ou cheque especial.

A empresa foi criada por dois ex-executivos de instituições financeiras de peso como Standard Chartered e Goldman Sachs: Rodrigo Cabernite e Sérgio Spieler. Em entrevista ao STARTUPI, Rodrigo (foto abaixo) explica que a Gyra+ é especialista em empréstimos para pequenos e médios vendedores online. “Nossa tecnologia nos dá acesso a uma grande quantidade de dados quantitativos e qualitativos (big data) que os vendedores deixam como rastro nas plataformas de marketplace online como Mercado Livre. A partir destes dados nossos algoritmos realizam uma análise de crédito para que possamos tomar decisões de crédito com precisão”, diz.

Ele diz que a empresa se diferencia da maioria dos concorrentes porque, principalmente, bancos tradicionais não têm acesso a um nível de informação tão profundo sobre esses empresários, logo não conseguem entender a saúde financeira destes vendedores da forma que uma startup consegue. “Os bancos tradicionais não conseguem ter capilaridade para atender o segmento com o devido cuidado e atenção necessária, já que é um setor que está em expansão exponencial.”

Na plataforma, a liberação de crédito deve acontecer em até 72 horas, desde que o tomador tenha a solicitação aprovada e comprove cumprir um determinado perfil. “Procuramos vendedores que tenham transações recorrentes e mais de um ano de histórico”, explica Spieler. Os sócios estimam que o tíquete médio das linhas será de R$30 mil, mas não há um limite máximo definido de crédito. A análise é feita com base nas informações de desempenho do vendedor, buscadas nas próprias plataformas de vendas online onde ele atua.

A fintech, que chega agora ao Brasil, faz parte do grupo Mr. Presta, que já oferece este tipo de serviço para vendedores do Mercado Livre da Argentina e do México. Rodrigo diz que a empresa foi fundada em 2013 e iniciou operações de crédito na Argentina em 2014 e México desde 2015.

Quanto ao mercado nacional, o fundador diz que o Brasil reúne algumas características que tornam o mercado local extremante interessante. “Temos o maior setor de e-commerce da America Latina, sendo que para o Mercado Livre o Brasil representa aproximadamente 50% das vendas globais. Independente da crise que vivemos o setor continua crescendo fortemente. Além disso temos taxas de juros elevadas que possibilitam players menores desafiarem os bancos em alguns nichos como o nosso. Iniciamos oferecendo empréstimos para vendedores do Mercado Livre e queremos oferecer crédito para vendedores de outros marektplaces em breve, cobrindo os principais mercados no Brasil”, afirma.

O Brasil hoje reúne cerca de 71 mil lojas online. Estima-se que este mercado movimente cerca de R$ 59 bilhões em vendas em 2017, de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Quase 39 milhões de brasileiros efetuam compras pelas internet.

Os interessados em créditos pela Gyra+ podem entrar na plataforma para fazer uma avaliação da sua operação nos marketplaces por este link. Em seguida, caso o crédito seja aprovado, a fintech pedirá alguns dados para cadastro. Por fim, a empresa enviará o contrato de crédito digital para assinatura eletrônica. A partir desta assinatura, o empréstimo é liberado.