Geraldo Santos embarcou mais uma vez a bordo do Ford Fusion Hybrid para receber e trocar conhecimentos com empreendedores e especialistas do mercado no programa Directions. Dessa vez o convidado foi Carlos Souza, Diretor-Geral da Udacity na América Latina.

A Udacity é uma das empresas mais disruptivas do Vale do Silício, que oferece um modelo diferente de formação profissional. Com cursos (Nanodegree), desenvolvidos em parceria com grandes companhias, como Google, Facebook, Amazon, Uber, IBM e Twitter, a instituição oferece capacitação para o competitivo mercado de tecnologia.

Durante o programa, Carlos falou sobre a proposta e a trajetória da Udacity, que foi fundada em 2011 por Sebastian Thrun, uma das maiores autoridades em robótica do mundo. Thrun é também cofundador do Google X e professor da Universidade Stanford. Entre seus projetos estão Google Glass, Google Street View e Google Self-Driving Car.

E você sabia que a Udacity depois de dois anos precisou pivotar? Sim, ela reformulou seu modelo de negócio o que fez com que houvesse um crescimento de receita, estudantes, engajamento, entrando em um ciclo muito positivo e no final de 2015, conseguiu levantar US$105 milhões de investimento e chegar ao valuation de US$1 bilhão, tornando-se um unicórnio. Carlos irá contar mais detalhes sobre isso e sobre a expansão da Udacity para outros mercados como o Brasil, Londres e Berlim. Confira mais detalhes na primeira parte do vídeo abaixo.

A Udacity também recebeu diversos prêmios e entrou na lista Disruptor 50, apresentada pela CNBC, como uma das 10 empresas mais disruptivas do mundo junto com Uber e Airbnb. A lista apresenta as 50 empresas privadas, entre indústrias de biotecnologia, aprendizagem de máquinas a transporte e varejo, cujas inovações estão mudando o mundo. Todas elas identificaram nichos inexplorados no mercado com grande potencial de negócio.

Com um ano de operação no Brasil, Carlos se mostra muito positivo com os resultados. “Lançamos os primeiros cursos em português em julho de 2016 e desde então estamos crescendo a uma taxa de 5 a 15% por semana, atingimos a marca dos 4700 estudantes e um faturamento de R$10 milhões”, comenta.

No vídeo abaixo você vai conhecer mais detalhes sobre alguns cursos oferecidos pela Udacity como o Android Basics Nanodegree, que ensina noções básicas de codificação para o Android e o Engenheiro de Carro Autônomo, que aborda temas como visão computacional, fusão sensorial, localização e controladores.

E falando em carros autônomos, Carlos contou detalhes sobre o desenvolvimento da startup Voyage Auto, que está sendo desenvolvida dentro da empresa. Trata-se de uma empresa de táxis autônomos, que tem como objetivo criar uma frota de veículos autônomos para guiar as pessoas. “Já enxergamos um futuro em que as pessoas não terão carros, mas utilizarão o serviço como fazem hoje com o Netflix, por exemplo”, comenta Carlos.

E aí, o que achou? Deixe suas sugestões nos comentários abaixo. Para ficar por dentro de mais novidades acompanhe o Startupi nas redes sociais: Facebook, Twitter e Linkedin.