Atuando em toda a cadeia produtiva do suco de laranja, do cultivo agrícola até a entrega de produtos, a Citrosuco abriu inscrições para o Desafio Biomassa Cítrica – Mais da Laranja, que busca alternativas para aproveitar essa importante e rica matéria-prima.

O programa é realizado em parceria com o movimento 100 Open Startups, plataforma internacional que conecta startups a grandes empresas e fundos de investimento. O Desafio Biomassa Cítrica – Mais da Laranja tem inscrições abertas até dia 31 de agosto e as inscrições podem ser feitas aqui.

O conteúdo será avaliado por executivos da Citrosuco conectados às startups pelo processo de matchmaking online. As propostas que se destacarem apresentarão seus projetos para a banca de avaliadores, que poderão se tornar parceiros no desenvolvimento de projetos pilotos, podendo se transformar em oportunidades para contratos futuros com a Citrosuco, na forma de prestação de serviços ou aquisição de produtos inovadores, de acordo com o nível de maturidade e consistência tanto da startup quanto da solução apresentada.

Para participar do Desafio, as startups devem apresentar soluções nas categorias:

  • Extração de outros ingredientes da biomassa da laranja;
  • Nanotecnologia – Orientada ao desenvolvimento de nanocelulose;
  • Desenvolvimento de produtos farmacêuticos;
  • Desenvolvimento de produtos alimentícios derivados da biomassa da laranja;
  • Outras soluções disruptivas.

“Esta é uma excelente oportunidade para startups de todo o país se tornarem parceiras da maior empresa de suco de laranja do mundo. Cada vez mais temos companhias buscando inovação nas empresas iniciantes”, comenta Bruno Rondani, fundador e CEO do movimento 100 Open Startups.

“A Citrosuco acredita numa gestão pautada pela inovação e em um ambiente aberto às ideias. Desenvolvemos uma série de programas de pesquisa e inovação junto a empresas e instituições de ensino e a parceria com o movimento 100 Open Startups é mais uma iniciativa nesse sentido. Buscamos continuamente identificar oportunidades de aprimoramento em nossos processos, melhorando a qualidade e a rentabilidade de nossos produtos”, afirma Fabio Thomazelli, head global de marketing da Citrosuco.