Ninguém gosta de ficar esperando em uma fila, seja do banco, supermercado ou restaurante. Cansado de ter que passar por isso toda vez que ia fazer um jogo em uma casa lotérica, Maurício Crivelin e seu sócio resolveram inovar nesse mercado. No final de 2016, eles criaram a Sorte Sim, uma plataforma que permite fazer apostas nos jogos da Loteria da Caixa direto do celular, tablet ou computador, de qualquer lugar do mundo.

Em entrevista ao STARTUPI, Maurício conta que o Brasil possui um mercado que, em 2016, foi de 13 bilhões em apostas e apenas 0,05% desse valor foi feito pela web. No Sorte Sim, ao se cadastrar no sistema uma conta é aberta automaticamente e vinculada ao seu cadastro, assim como é feito no Uber, que une o cliente ao motorista, o Sorte Sim une o apostador que não quer mais ter que enfrentar horas nas filas a uma lotérica credenciada.

Você faz a inserção de crédito na sua conta, através de Cartão de Crédito ou Transferência Bancária e, assim que aprovado, o dinheiro é creditado na sua conta e você já pode realizar suas apostas. Basta escolher o tipo de jogo que deseja e confirmar. Após a efetivação na lotérica, você receberá por e-mail seu comprovante virtual. Se sua aposta for contemplada, o valor do prêmio será creditado automaticamente na sua conta cadastrada no Sorte Sim. Fica a seu critério decidir se quer resgatar o valor integral, parcial ou deixar como crédito para suas novas apostas.

Eles cobram um pequeno valor pelo serviço para enviar um jogo a lotérica mais próxima, chamada de taxa de conveniência. No caso do jogo da Mega Sena, por exemplo, é cobrado R$4,75 para fazer a aposta, isso é R$1,25 a mais do que na fila da lotérica. “Desse valor tiramos os custos como operadora de cartão, impostos etc. O grande apelo da plataforma é que R$1,25 não paga nem o estacionamento, nem o tempo na fila e sem falar que o apostador pode jogar na hora e no lugar que quiser”, destaca Maurício.

Segundo Maurício, o Sorte Sim é extremamente seguro, pois utiliza o protocolo de segurança internacional em todo o site e aplicativo, protegendo todos os dados pessoais dos usuários, tornando-os confidenciais. As informações são criptografadas e não podem ser visualizadas por terceiros.

A Sorte Sim não passou por nenhum processo de aceleração e contou apenas com investimento dos próprios sócios e, segundo Maurício, para 2017 os planos são de investimentos de aproximadamente R$2,5 milhões. Ambos os sócios já são empreendedores com grande experiência de grandes marcas e experiências complementares: um economista, outros 2 franqueadores, um com grande experiência de varejo e com a área de tecnologia e um na área jurídica.

“Nos últimos seis meses estamos crescendo acima de 50% ao mês e, até o final do ano, nossos planos são ainda mais ousados, tanto de número de usuários quanto em numero de unidades lotéricas”, finaliza o empreendedor.