Começa hoje e vai até domingo (18), a primeira edição da Campus Party Brasília, maior experiência tecnológica do mundo, que reunirá em cinco palcos especialistas nacionais e internacionais de temas como ciência, tecnologia, internet, empreendedorismo e arte multimídia, além de atividades como Hackathons e Workshops.

“Estamos muito felizes em trazer a Campus Party para Brasília que é uma cidade jovem e carente de eventos que discutam inovação e empreendedorismo. Pensando nisso, elaboramos uma programação que agrade os jovens que receberemos no evento com o objetivo de construir uma comunidade mais engajada e apaixonada pelas novas tecnologias e pelas oportunidades que ela nos traz”, explica Tonico Novaes, Diretor Geral da Campus Party Brasil.

O Startupi, a convite da Ford, viajou até Brasília para acompanhar a coletiva de imprensa do evento e também o anúncio exclusivo de um novo programa da Ford em parceria com a Artemisia, organização sem fins lucrativos, pioneira na disseminação e no fomento de negócios de impacto social no Brasil.

Jim Vella, Presidente do Ford Fund, braço filantrópico da empresa, foi quem anunciou o lançamento do Ford Lab: Mobilidade para Todos, cujo principal objetivo é construir a base para o desenvolvimento da indústria de negócios de impacto social dentro do tema de mobilidade e transporte no Brasil. Esse é o primeiro projeto de mobilidade social feito através do Ford Fund no mundo.

“No Brasil, a área de Responsabilidade Social da Ford está baseada nos pilares de sustentabilidade, tanto ambiental, social quanto educação. Com a parceria com a Artemisia, temos a oportunidade de trabalhar duas estratégias fundamentais de negócios para a companhia globalmente em um só projeto: fomentar soluções de mobilidade e impactar positivamente a sociedade, mudando a forma como o mundo se move. Isso sem falar na possibilidade de estimular o empreendedorismo no País, que é fundamental para o desenvolvimento econômico”, explica Jim.

Segundo Lyle Watters, Presidente da Ford América do sul, a companhia não é mais uma vendedora de carros, mas sim fornecedora de soluções de mobilidade. “A empresa está mudando assim como o mundo, e colaboração é a chave para a inovação e como existe grande potencial de inovação nas startups, nada como se aproximar desse universo”.

A iniciativa irá desenvolver uma Tese de Impacto em Mobilidade e o Programa Ford Lab.

Segundo Priscila Martins, Gerente de Relações Institucionais da Artemisia, a Tese de Impacto irá reunir informações relevantes sobre os desafios reais enfrentados pela população de baixa renda no Brasil e levantar as oportunidades de negócios que enderecem esses desafios de forma que essas soluções tenham potencial para crescer e impactar milhões de pessoas. O objetivo da Tese é ter um olhar aprofundado desse cruzamento entre problemas sociais e oportunidades de negócios dentro da temática proposta e, com isso, ter insumos que apoiarão o desenvolvimento desses negócios. O lançamento da Tese de Impacto está prevista para primeiro trimestre de 2018.

Já o Ford Lab: Mobilidade para Todos, programa de inovação aberta de impacto, consiste no processo de identificação e seleção de startups – em fase de prototipagem e primeiras vendas – para um processo de aceleração com metodologia exclusiva da Artemisia. A princípio a ideia é que 20 startups sejam selecionadas para ter acesso a ferramentas inovadoras, conteúdos exclusivos, conexão com outros empreendedores do setor e mentorias com especialistas de negócio, impacto social e mobilidade – profissionais que apoiarão a formatação de modelos de negócio e o refinamento do impacto social que as soluções têm potencial de gerar. Ao final desse processo, a Ford junto com a Artemisia selecionarão três startups para receber investimento semente. O valor que será investido pelo Ford Fund não foi divulgado pela companhia.

“Garantir mobilidade é garantir o acesso a direitos básicos e promover uma sociedade mais saudável e autônoma. A aliança estratégica entre a Artemisia e o Ford Fund tem o objetivo de desenvolver e fortalecer uma nova geração de negócios de impacto social com soluções inovadoras em mobilidade – tema que é transversal a outros setores estruturantes para o desenvolvimento da população de baixa renda”, explica Maure Pessanha, diretora-executiva da Artemisia.

Para a Ford, mobilidade também significa dar acesso, por isso, podem participar desse novo programa, startups do Brasil inteiro que possuam soluções em Educação, Saúde e até Serviços Financeiros. As inscrições estão previstas para agosto de 2017 e em breve será lançada uma página exclusiva do programa com mais detalhes da iniciativa.

Para Fernão Silveira, Diretor de Comunicação da Ford América do Sul, a Campus Party é o lugar ideal para respirar inovação e novos projetos, por isso escolheram o local para realizar o anúncio. Em cinco dias, cerca de 40 mil campuseiros terão acesso a mais de 2500 horas de conteúdos e atividades que durarão praticamente 24 horas por dia.

No vídeo abaixo, Jim Vella explica mais detalhes sobre a nova iniciativa da Ford: