Aconteceu na noite de ontem, em São Paulo, a quarta edição da premiação Latam Founders Awards Gala. O evento reconhece os principais nomes do empreendedorismo da América Latina em diversas categorias e, em mais de 300 pessoas, reuniu fundadores, CEOs e principais players do ecossistema de startups da região para muito networking.

De acordo com Pamela Granoff, fundadora da Latam Founders Network, a escolha das finalistas foi realizada pelos membros da rede. “Após esta seleção, abrimos uma segunda votação entre os membros para que eles escolhessem quem seriam os vencedores. Pela primeira vez, algumas das categorias também foram abertas para voto popular”, explica.

Para ela, desde sua primeira edição, a premiação evoluiu até hoje, mostrando todos os seus vencedores como players de grande relevância em suas regiões, principalmente no Brasil. “Vimos o ecossistema da América Latina, mas principalmente do Brasil, se transformar fortemente nos últimos anos. O ecossistema de startups do Brasil está cada vez mais forte e transformando a forma como as pessoas fazem negócio em todo o país.”

E o impacto que o evento tem nesta solidificação do ecossistema no Brasil? Para falar sobre isso, Pamela cita o exemplo do iFood, plataforma líder em delivery online, desenvolvida pela Movile. O iFood levantou milhões em investimento nos últimos anos e adquiriu muitas empresas, entre elas a SpoonRocket, do Vale do Silício. “Algumas das conexões do iFood foram possíveis por causa do network promovido pela Latam Founders”, diz a fundadora da rede.

Prêmios

As categorias, concorrentes e vencedores desta edição foram:

Melhor Investidor: Kaszek Ventures
Finalistas: Astella Investimentos; e.bricks; Global Founders Capital; Kaszek Ventures; Monashees, Redpoint e.Ventures.

“Mais do que focar em prêmios, estamos muito focados em trabalhar com os melhores empreendedores da região. Nosso grande objetivo é procurar, encontrar e nos associar com empreendedores muito bons”, disse Santiago Fossatti, do fundo vencedor. O portfólio do fundo tem empresas como Nubank, Dr. Consulta e Quinto Andar, por exemplo.

Melhor empresa B2B: Canal da Peça
Finalistas: Canal da Peça; Contabilizei; Escale; Gympass; Pismo, Resultados Digitais.

“O nosso objetivo para os próximos meses é crescer em base de usuários e aumentar o uso dos dois lados do marketplace. Nós crescemos 200% ao ano pelos últimos três anos, de forma saudável e orgânica, e continuar neste ritmo é a nossa meta”, explica Vinicius Dias, CEO do Canal da Peça.

Melhor empresa B2C: Nubank
Finalistas: 99; Beleza na Web; DogHero; GuiaBolso; Nubank, QuintoAndar.

Melhor empresa internacional: Netflix
Finalistas: Airbnb; Amazon Web Services; Google; MercadoLibre.com; Netflix, Uber.

Melhor aceleradora: Google Campus
Finalistas: 500 Startups; ACE; Google Campus; NXTP Labs; Startup Farm, Wayra.

André Barrence, head do Google Campus São Paulo, explica porque, mesmo não se posicionando como uma aceleradora, recebeu a premiação. “Este primeiro ano de Google Campus mostrou que existe um ecossistema que está crescendo. O fato de sermos um espaço aberto que atrai muitos empreendedores acaba nos posicionando muito bem entre a comunidade (de startups). Somos percebidos como um espaço onde os empreendedores podem procurar quando precisam de ajuda nesta jornada para fazerem seus negócios crescerem”, diz.

Empresa mais inovadora: QuintoAndar
Finalistas: Contabilizei; Guiabolso; Gympass; Loggi; Love Mondays, QuintoAndar.

“Nosso título de empresa mais inovadora se deve a, primeiramente, reconhecer que este mercado (imobiliário) tem um potencial muito grande para inovação. Os clientes deste mercado enfrentam muitos problemas, então é um território muito basto para a inovação, transformando a experiência neste mercado em algo mais leve, melhor de lidar”, explica Zachary Fox, diretor de marketing da empresa.

Empresa mais impactante: Dr.Consulta
Finalistas: Creditas; Dr.Consulta; Endeavor; iFood; Movile, Nubank.

“Até novembro, abriremos mais 13 centros médicos em São Paulo, chegando a quase 50 centros. Só no mês passado, atendemos mais de 120 mil pessoas”, diz Thomaz Srougi, fundador do Dr.Consulta

Além destes premiados, Luciana Caletti, fundadora da Love Mondays, foi eleita empreendedora do ano. “Estou muito feliz e honrada com o prêmio. Acho que é uma construção não só minha, mas dos meus cofundadores, de toda a equipe da Love Mondays e dos nossos investidores. É muito bacana ver um evento destes incentivando o empreendedorismo, que não é uma jornada fácil, mas é muito gratificante”, completa.