A Startup Farm acaba de anunciar um novo módulo no exterior do ahead, seu programa de aceleração voltado para startups de todos os segmentos. A etapa chamada de Global Footprint levará as startups das primeiras três edições para visitarem o Vale do Silício em parceria com o Google Developers e a Visa.

O Global Footprint foi desenhado para fazer com que as empresas, em um curto espaço de tempo, se integrem e extraiam o máximo de conhecimento, contatos e negócios. Assim, as startups poderão participar do programa Google Launchpad, que provê mentorias com especialistas de produto e tecnologia do Google, em seu espaço Launchpad Space, em São Francisco, na Califórnia. Da mesma forma, as empresas poderão se conectar com especialistas da Visa em tecnologia de meios de pagamento e segurança. O objetivo é apresentar uma visão global quando se trata de negócios de pagamento e também mostrar o que há de mais novo em soluções para o setor.

Para Alan Leite, CEO da Startup Farm, fazer com que as startups tenham visão global é fundamental nos dias atuais. “Se elas não o tiverem, seus concorrentes terão e entrarão em seus mercados”, explicou. Cada uma das empresas poderá ter, ainda, agendas customizadas com potenciais parceiros e clientes. Para isso, a Startup Farm vai utilizar a sua própria rede de contatos e de parceiros, como o Google for Entrepreneurs Partner Network, da qual faz parte.

Por fim, eventos de relacionamento fecham a agenda em que as startups terão a oportunidade de expor seus negócios para potenciais investidores do Vale do Silício. As primeiras 7 empresas que irão ao Vale são as fintechs, do programa ahead Visa: Banco de Formaturas, Bxblue, Cred.Fit, Kavod Lending, OnBoard Mobility, PayKey e Vérios. Confira aqui as startups da segunda edição, do programa ahead², que também irão para o Vale.

“Esperamos que estas startups de alto potencial adquiram a capacidade de navegar em qualquer mercado que faça sentido para o seu negócio, seja no Brasil ou no exterior”, concluiu Alan.

“A indústria financeira e de pagamentos eletrônicos no Brasil é, certamente, uma das mais avançadas do mundo. A Visa, por meio do programa Everywhere Initiative, busca ser protagonista em lançamento de inovações relacionadas a autenticação, mobilidade, internet das coisas, inteligência artificial e segurança. Nesse contexto fantástico, com o intuito de oferecer aconselhamento e conteúdo de valor para as startups aceleradas no Brasil, a Farm uniu esforços com a Visa e o Google para ampliar o leque de mentores. Queremos oferecer para nossos clientes e parceiros o que há de mais moderno no mundo para que eles ofereçam serviços cada vez mais seguros e convenientes para os brasileiros”, conta Marcelo Sarralha, diretor de produtos da Visa do Brasil.

Para José Papo, gerente de relações com startups e developers do Google na América Latina, “o Google já trabalha com startups de países emergentes em todas as verticais, no seu programa Launchpad Accelerator. Porém, percebemos que verticais como Fintech, Health, Agrotech e Smart Cities têm um potencial revolucionário para países como os da América Latina. Por isso, em parceria com a Visa e Farm criamos uma iniciativa para apoiar estas startups, na fase inicial. As tecnologias financeiras são cruciais para o desenvolvimento, crescimento e bem estar das pessoas na América Latina”.

Mais informações sobre os sete projetos do ahead Visa você encontra aqui.