“Mais do que um espaço de coworking, um espaço para que pessoas e empresas possam inovar e colaborar”, essa é a proposta da nova sede do CO.W coworking space. Com duas unidades em Joinville, e outras unidades em São Paulo, o novo espaço, localizado próximo à avenida Berrini, zona sul da cidade, chega para agregar ainda mais para o ecossistema de startups.

Situado num galpão industrial todo reformulado, o local de 2 mil metros quadrados tem espaço para cerca de 500 residentes. O coworking irá oferecer mensalmente uma programação de palestras e bate-papos com especialistas reconhecidos nacionalmente e também com os próprios empreendedores que fizerem parte do espaço de coworking. O CO.W terá também um Espaço Maker, projeto de aprendizagem criativa voltado para crianças e adultos em parceria com o MundoMaker. Além disso, a proposta do espaço é aproximar as grandes empresas que estão em busca de inovação das startups.

Em entrevista ao STARTUPI, Renato Auriemo, sócio do CO.W conta que viajou para vários lugares, mas se espelhou em um espaço chamado Galvanizer, localizado em São Francisco.”Queríamos uma linguagem que atendesse desde uma advogada à uma agência de publicidade. Entendemos que precisamos atender empresas diferentes, com tamanhos diferentes e de diversos setores para que exista uma boa troca de experiências, por isso buscamos e criamos um ambiente que abrace a todos.”

No vídeo abaixo, confira mais detalhes sobre o espaço:

Como Renato comentou, o  CO.W pode abrigar desde profissionais liberais, freelancers e empresas iniciantes, até ser uma extensão de uma empresa já estabelecida que necessita de um local para instalação de times remotos, um projeto temporário ou uma unidade comercial. Para isso, existem diversos planos oferecidos. Os residentes também ganham descontos em produtos e serviços, consultorias e assessorias exclusivas, contato com investidores e aceleradoras.

Sede da ACATE

A ACATE, que representa o setor tecnológico de Santa Catarina, decidiu abrir uma sede na capital paulista e o lugar escolhido foi  o CO.W Berrini. Além desse espaço, parecido com o centro de inovação onde fica a associação em Florianópolis, serão inaugurados mais dois escritórios no Itaim Bibi e Vila Olímpia, outras unidades do CO.W. Os empreendimentos servirão aos empresários de SC como locais para reunião, alocação de equipes, instalação de filiais e realização de eventos.

“Sabemos que São Paulo corresponde a grande parte do mercado das nossas empresas. Por isso, consideramos fundamental disponibilizar espaços para que elas possam fazer negócio e se sintam em casa ao participar desses ambientes inovadores e pensados de forma a estimular a economia colaborativa”, explica Daniel Leipnitz, presidente da Associação.

A ACATE representa o setor tecnológico de Santa Catarina, que tem faturamento estimado de R$ 11,4 bilhões e corresponde a aproximadamente 5% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado. São 2,9 mil empresas de tecnologia, com cerca de com 5,3 mil sócios empreendedores e mais de 47 mil funcionários.

Daniel Leipnitz, presidente da Associação, fala sobre sua expectativa em relação ao novo espaço:

“A ACATE hoje é uma peça fundamental no ecossistema de empreendedorismo de inovação e tecnologia, estamos honrados de ser a casa da ACATE aqui em São Paulo e poder propiciar a integração entre SP e SC”, destaca Renato.

O evento de inauguração do espaço, que aconteceu nesta terça-feira, contou com a participação do prefeito de Florianópolis Gean Loureiro, Marcos Lichtblau, vice presidente de Finanças da ACATE e muitos outros representantes da cidade. Eduardo Baer, cofundador do iFood, Juliano Seabra, diretor-geral da Endeavor Brasil e Sérgio Herz, CEO da Livraria Cultura, também marcaram presença.

Camila Rocha, Sócia do CO.W, Eduardo Baer (Doghero), Juliano Seabra (Endeavor), Renato Auriemo (CO.W), Sergio Herz (Livraria Cultura) e Sandra Boccia (Ed. Chefe de PEGN) – Foto: Marina Malheiros

E falando em Livraria Cultura…

Renato anunciou em primeira-mão durante a inauguração do espaço, que pretende abrir outras unidades ainda esse ano e que em breve, o CO.W chegará no Rio de Janeiro. Para surpresa geral, o novo espaço será dentro da Livraria Cultura no centro do Rio, na unidade Vitória.

“Se tivéssemos essa ideia três anos atrás, iriam dizer que era uma loucura”, brinca Renato que contou que a ideia inicial era levar a Livraria Cultura para dentro do CO.W Berrini. “Fomos desenhando o projeto a quatro mãos e fechamos a parceria. O plano é começar as obras em abril e a inauguração está prevista para junho”, comenta.

Em todas as unidades do CO.W você encontra muitas vacas espalhadas por todo o lado, sabe por que? Renato contou que remete a ideia de “fazer uma vaquinha”, onde todo mundo contribuiu com um pouco para ter algo melhor para todo mundo, e esse é o espírito do CO.W. “Colaboração é a palavra, nossos espaços são para que as pessoas trabalhem mais felizes e que as empresas possam fazer mais negócios, nossa intenção é causar colisões aqui dentro para que surjam novos produtos e novas ideias”, finaliza Renato.