A agência ítalo-brasileira FullBrand, que atua nas áreas de brand experience e brand innovation, traz para o Pier Mauá, no Rio de Janeiro, e MIS, em São Paulo, a inédita exposição “Steve Jobs, O Visionário”.  Serão fotos, matérias de imprensa, objetos pessoais, filmes e produtos históricos que mostram a forma como pensava e criava um dos maiores gênios do século XX.

A mostra chega primeiro ao Rio de Janeiro, no Prédio do Touring, entre os dias 28 de março e 7 de maio, de terça a domingo, com entradas a R$10. Depois, o mundo do gênio americano desembarca em São Paulo, no Museu da Imagem e do Som (MIS), entre 15 de junho e 20 de agosto.

“Steve Jobs é uma grande inspiração para nossas criações. Ele buscava sempre apresentar tecnologias inovadoras através de uma interface fácil para o usuário, porém, sua visão de mercado sempre estava atrelada não apenas a forma de consumo, mas principalmente ao conteúdo de alta qualidade e criatividade enaltecido através da tecnologia. Somos grandes fãs e admiradores tanto que resolvemos montar esta exposição inédita em sua homenagem”, explica Marco Guidone, Presidente da FullBrand Brasil.

O Bradesco é um dos principais viabilizadores do projeto no país e para Márcio Parizotto, diretor de Marketing do banco, é extremamente importante inserir o Brasil na rota de exposições de relevância internacional. “Steve Jobs é um case de inovação e empreendedorismo que impactou o mundo com suas criações. Trazer essa exposição ao Brasil cumpre o nosso papel de fomento e democratização da cultura e do conhecimento”, avalia.

Experiência

Serão cerca de mil metros quadrados de experiências para o público sobre seis perspectivas: Negócios, Inovação, Sonho, Falência, Competição e Espiritualidade. O visitante terá uma experiência rica e profunda do universo Jobs com uma mistura de tecnologia e um grande acervo vídeo-iconográfico. Na Linha do Tempo com a tecnologia da realidade aumentada, as datas ativarão conteúdos exclusivos de cada período permitindo ter uma visão completa da vida do Steve Jobs.

Logo na entrada haverá um totem para download do aplicativo gratuito “MeCult”, desenvolvido pela Fullbrand. O aplicativo, que usa a tecnologia Beacon, vai funcionar como portal para acessar os conteúdos extras da mostra, mas também como áudio guia e mapa das atrações. A exposição será a primeira a ser hospedada no aplicativo que, no futuro, poderá conter mais exposições e eventos.

O público acompanhará todo destaque dado ao gênio pela imprensa mundial através de quase 70 capas de revistas, artigos e reportagens sobre seus feitos. Ao longo da exposição estarão presentes os produtos criados por Steve Jobs, desde a década de 80, passando pelos revolucionários Macintosh, iPod, iPhone, iPad e Apple TV. Todas as mais de 30 peças que serão exibidas dão uma visão completa para o público do trabalho técnico e científico do americano.

Na perspectiva “Sonhos”, todo o trabalho do gênio na Pixar, empresa de animação digital americana, com a criação do “Toy Story”, o primeiro desenho animado 3D a ganhar o Oscar como longa-metragem completamente animado em 3D e um dos maiores sucessos até hoje da franquia.

Em “Falência”, a peça mais rara: o Apple 1, fabricado em 1976, que foi adquirido em um leilão da Cristie’s por US$ 213,6 mil. Nesse tema, o visitante verá também o Lisa, um dos seus maiores fracassos, mas que serviu de base para o sucesso Macintosh. Outra curiosidade está na célula “Competição”, característica marcante de Steve Jobs. Serão destacados os embates com IBM, Apple, Bill Gates e Samsung.