A BB Seguridade, holding que reúne os negócios de seguros, previdência, capitalização e planos odontológicos do Banco do Brasil, vai investir no Fundo BR Startups, criado pela Microsoft Participações e gerido pela MSW CAPITAL. Com o investimento, a BB Seguridade passa a ser o investidor-âncora de Insurtechs, segmento que procura desenvolver a cultura da inovação para a área de seguros.

Interessados em participar da seleção de investimento em startups no segmento de seguros e serviços que possam atender a esse mercado (Insurtech) deverão se inscrever pelo site a partir de hoje. Os temas de interesse para este segmento são:  produtos de seguridade, marketing e experiência do usuário, educação financeira e planejamento pessoal, Big Data e Analytics, dispositivos da chamada “internet das coisas”, infraestrutura, sistemas, plataformas e inteligência artificial.

O interesse da BB Seguridade está direcionado a empresas que tenham atuação em uma das áreas do seu portfólio de negócios, direta ou indiretamente. Mais do que o investimento financeiro, as empresas poderão dispor da experiência dos principais executivos da BB Seguridade na mentoria e orientação dos negócios. Além disso, poderão contar com apoio operacional e tecnológico e business networking nos mercados em que a holding atua. A diretora de Clientes, Comercial e de Produtos da holding, Angela de Assis, comenta a experiência para a empresa.

“Com a expertise adquirida neste trabalho com o Fundo BR Startups, esperamos que novos insights sejam trazidos para a BB Seguridade, de forma a gerar eficiência em processos e para auxiliar na ampliação do comportamento de inovação dentro da empresa, buscando sempre soluções de seguridade que tenham foco na visão do cliente”, diz Angela.

O BR Startups é atualmente o principal veículo brasileiro de estímulo à inovação externa, por meio da atividade de Corporate Venture, contando com grandes investidores como a própria Microsoft Participações, o Banco Votorantim, a Monsanto, o grupo Algar, a Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio) e a Qualcomm. Os investimentos são direcionados a empresas no estágio de pós-aceleração, ou que já tenham um modelo de negócio validado, porém com porte ainda insuficiente para atrair o interesse de investimento de fundos de Venture Capital “Série-A”.

“O Fundo BR Startups tem recebido aporte de grandes empresas que são referência em suas áreas de atuação, ampliando as áreas temáticas para investimento e contribuindo para o desenvolvimento econômico em diversos setores no país. Agora, com a participação da BB Seguridade, o setor de seguros, previdência e capitalização passa a ser alvo de interesse do fundo também”, diz Franklin Luzes, COO da Microsoft Participações.

Moises Swirski, sócio da MSW e Gestor do BR Startups, comenta sobre o novo momento do Fundo com a entrada da BB Seguridade. “Ao contribuir no elo entre a BB Seguridade e a energia criativa das startups, o Fundo se sintoniza com a transformação dos negócios de seguros impulsionada pelo avanço da tecnologia de conectividade e pela capacidade de análise de grandes massas de informação. Essas tecnologias permitirão progressos na gestão proativa de riscos e no design de estratégias eficazes, reduzindo custos e chances de sinistros. E, para as startups, o elo com a grande empresa dá eficácia a sua trajetória de desenvolvimento pelo acesso ao conhecimento, network e visão estratégica de mercado”, diz Moisés.