O Santo Cartão, empresa especializada em venda online de ingressos, fundada por Daniel Morais e Denilson Amaro, acaba de anunciar um aporte de R$300 mil dos investidores-anjo Netto Neves e Thiago Cassini. Esta é a primeira rodada de investimento que a startup recebe.

Sócios da Spider.Ad – empresa de negócios digitais especializada em desenvolver tecnologias e plataformas para publicidade – os investidores-anjo, além do investimento monetário, levam para o Santo Cartão experiência e rede de relacionamento construídas em suas carreiras no mercado digital: Cassini foi gerente de Novos Negócios do Buscapé e um dos fundadores da empresa HOTWords, vendida em 2009 para o Grupo CanalMail (atual Grupo Media Response). Já Neves foi Publisher no Terceiro Tempo, portal especializado em esportes.

A plataforma e os investidores começaram as negociações no início de 2016. Em entrevista ao STARTUPI, os sócios dizem que já conheciam os investidores de outros projetos e que sempre tiveram uma sinergia muito grande. Para os empreendedores que estiverem na fase de encontrar o investidor-anjo ideal para sua empresa, eles dão a dica: “quem tem sócio, tem chefe. Por isso, procurem pessoas que possam não somente agregar valor ao seu negócio, como também tenham os mesmo modo de pensar e assim todos poderão caminhar juntos em direção aos mesmos objetivos.”

A startup opera no mercado de venda de ingressos para festas, festivais, shows e baladas desde 2012 e atua em duas frentes: atende os produtores culturais e organizadores, que utilizam o site e suas ferramentas para divulgar e comercializar seus eventos e clientes que compram as entradas online. “O que nos diferencia dos concorrentes é o atendimento 24 horas ao cliente e ao produtor do evento. Atuamos não somente na parte de vendas, mas também como parceiros do evento mesmo, auxiliando-o na divulgação, utilizando nosso expertise de mídia online”, explicam.

Segundo Netto Neves, a perspectiva é para o final de 2017 é triplicar o número de eventos, ingressos e faturamento do Santo Cartão.  No segundo semestre de 2016 a empresa faturou R$1,2 milhão e comercializou cerca de 50 mil ingressos. “Vamos focar a nossa estratégia em conquistar o público que hoje só compra ingressos no ambiente offline e fechar parceria com novos e maiores eventos”, explica Netto.

A empresa oferece atendimento e suporte ao produtor do evento, com a criação e configuração do evento no site e pagamento antecipado, proporcionando uma verba para o custeio da realização do evento e atendimento 24 horas para o cliente.

“O Santo Cartão conseguiu números significativos nos últimos meses e vem batendo de frente com os grandes players do mercado. Com o investimento, não só aumentaremos nosso volume de vendas como também trabalharemos em outras frentes, aproveitando esse bom momento do e-commerce no Brasil e no mundo” completa Morais.